domingo, 15 de maio de 2016

Quem não quer beijar, não se deixa ser beijado(a).





Quem não quer beijar, não se deixa ser beijado(a). E, se o beijo for roubado, interrompe-se automaticamente. Se deixa rolar o beijo, acaba-se dando margem para falsas interpretações e, nesse mundo, não falta quem se ilusione com falsas promessas ou conclusões precipitadas, sobretudo se estiver "in love", em pleno estado de enamoramento.  

Agora, eu te pergunto: O que esperar de alguém que não é fiel com as suas próprias convicções?!!! Eu?!!! Nada. Prefiro evitar maiores frustrações. Posso ser antiquado, estar supervalorizando um beijo, deixar a minha natureza ciumenta se manifestar, mas, existe algo que não pode ser esquecido e/ou deixado de lado: Respeito. Respeite para ser respeitado, simples assim.

Qual é a gravidade de um beijo dado?!!! Depende da circunstância, do compromisso, do combinado, da intenção, da convicção, da forma de pensar..., enfim, pode ser tudo ou irrelevante. o foco quem dá é você. Para mim, quem está comigo, eu espero um mínimo de coerência e bom senso, para me respeitar e se fazer respeitar - "Não faça ao outro o que você não quer que faça à você", na integra.  

Se você dá vazão à um simples beijo, já abre um precedente para outras coisas: Outros beijos, uma pegada mais forte, outras intenções, dar asas à imaginação e as fantasias, cama, mesa e banho, ...  Enfim, se não há um basta, não deixar as coisas bem claras, deixar espaços para certas permissividades, propicia para que todos os limites podem ser ultrapassados. Se sem permissão, há quem queira entrar no céu à força, imagine se houver permissão...

Atrás de um simples beijo, que não pode ser tão simples assim, existe muitas coisas em jogo, principalmente a confiança. Sem confiança não dá para levar um relacionamento nem na esquina. E não dá para sair pela vida afetiva com dualidades, se for assim gera-se inúmeros conflitos. Beijar ou não beijar, eis a questão. Se beijar, que não se isente da sua responsabilidade e do seu desejo e nem utilize desculpas frágeis para se justificar, pois, acredito eu que: Quem não quer ser beijado(a), não dá ousadia.  

2 comentários:

Gabriel Godk disse...

Já pensou em escrever um livro? Eu compraria!

Dan... disse...

Gabriel, já pensei sim... tenho a ideia e o título. Só falta a coragem para escrever. rs...


"As lágrimas não reparam os erros!!!"

The Verve - Bitter Sweet Symphony (with lyrics)

♫ Pitty - Na sua estante

"Eu não ficaria bem na sua estante..."