quinta-feira, 23 de novembro de 2017

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Um dia qualquer... A ficha tem que cair!!!




Downtown by Anitta feat J Balvin






(...) No aguanta, se adapta
Me dice: No quiero que termines (no)
És un misterio pero no decide (no decide)
En las noches soy yo la que define
Todo a lo que vá pasar
A mi no me tienes que mandar... 
(Anitta)






(...) No se vale el empate, esto es hasta darle jaque mate
Hasta que uno de los dos se mate
Si quieres yo bajo y de una me pongo pal' trabajo
Suelta el estrés, baby, yo te relajo
Se pone bella, me dice que ya
Sigue ahí, que la tengo viendo las estrellas
Si me acelera, hasta abajo se va
Y como ella lo hace, no lo hace cualquiera...
(J Balvin)

Consciência e Empoderamento NEGRO





Eu até gostaria de fazer uma postagem diferente sobre esse assunto, a partir de uma outra perspectiva mais amena e positiva, um outro tom mais comemorativo, que apontasse uma mudança de postura e evolução na consciência da nossa sociedade em geral sobre a causa negra no Brasil, mas, assim como para os demais grupos étnicos e as minorias sociais que nos compõem, entra ano e sai ano e o contexto é o mesmo, nada mudou. Ao invés do avanço, andamos em direção ao retrocesso.

Se não bastasse a nossa inércia quanto nação, detentora de tantas possibilidades para progredir, mas não aproveita a sua potencialidade em benefício próprio do país e do seu povo, como também se encontra à mercê da nuvem do retrocesso ideológico que paira sobre as nossas cabeças, é ridículo como o Brasil, sendo um país afro-descendente, ainda precise de 1 dia oficial no calendário anual (não vigente em todo o território nacional) para lembrar de uma das suas principais matrizes culturais: Seu lado afro, negro de resistência e luta por respeito, direitos e oportunidades como cidadão; quando deveria ser uma prática natural e espontânea. Todo dia é dia para se ter #CONSCIÊNCIANEGRA como também tantas outras consciências necessárias!!!

Um país miscigenado e supostamente democrático como o nosso não deveria haver espaço para nenhuma forma ou tipo de discriminação e preconceito, muito menos racial - já q somos um caldeirão cultural. A raça negra, afro-brasileira merece ser respeitada e o seu devido valor. 

#ForaPreconceito 

#ForaHipocrisia



Antes que digam que eu só dei porrada necessária nesse post, não perderei a ternura. Como diria, Caetano Veloso: O negro é lindo!!! A raça negra é linda!!! E a nossa negritude e afro-descendência também define a nossa brasilidade e parte de quem somos.

Se o Brasil não te resguarda e nem te protege como filho e cidadão, mude de postura: Trabalhe a sua auto-estima, busque ou crie as suas próprias referências e EMPODERE-SE!!! Respeite-se para ser respeitado. 

#EMPODERAMENTO 

#VitimizaçãoÉtnicaNÃO

sábado, 18 de novembro de 2017

Renunciar: É negar-se a si mesmo!!!




Situações do Cotidiano II



Em momentos difíceis, amigo que é amigo (de verdade) não tira o corpo fora e nem abandona o barco quando ele está à pique, por um nobre motivo: Lealdade. Caso ele pule, faltando solidariedade e consideração à você e a amizade de vocês, o que se esperar de alguém assim?!!!

Indiscutivelmente, quem foi traído em sua fé e boa vontade, dificilmente esquecerá a punhalada dada e andará em constante estado de alerta, porquê como manter uma relação de amizade ou de qualquer outro tipo quando a confiança foi rompida?!!! Você consegue?!!! Eu não. E, mesmo que a amizade não seja rompida, ela nunca mais será a mesma. 

Ou para o bem ou para o mal, automaticamente a dinâmica dessa relação se transformará, pois não tem como a percepção ser a mesma de antes. As máscaras caem, a energia muda. 

Situações do Cotidiano I




Na vida, há quem tenha espírito de Madre Teresa de Calcutá ou Dalai Lama, abnegadamente abrindo mão do seu suposto amor para evitar o sofrimento de terceiros em troca da sua própria e sacrificada renúncia. Até parece coisa de mocinha(o) de novela, né?!!! Mas, a vida imita a arte e a ficção ou ela é apropriada por elas. Seja de uma forma ou de outra, para você ser uma boa pessoa, correta e congruente, não precisa ser necessariamente otária(o).

Já que você abriu mão do seu amor... Se, em pouco tempo, ele(a) não estiver mais disponível, parte da responsabilidade é sua também porquê o(a) entregou a outra pessoa praticamente numa bandeja de prata. Não adianda nem choro, nem vela e, muito menos, caixão. E, se você foi substituído(a) em tão pouco tempo, assim do nada, pergunte-se: Que tipo de amor é esse que sucumbe de uma hora para outra, sem nenhuma resistência e insistência de quem diz te amar?!!! Que tipo de pessoa é essa que é tão frágil emocionalmente?!!!

Se você se encontra nessa situação, primeiro, você não precisa se sacrificar por ninguém, pois cada um precisa da sua própria cota de sofrimento, dor e frustração para poder crescer. Amadurecer demanda. Segundo, para estar ao seu lado, você quer alguém que demonstra ser emocionalmente instável?!!! Hoje está com você, amanhã com outro(a) e depois da manhã nem sei. Gente carente, instável e inconstante não é legal. 

quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Proclamo ao meu Brasil...





Sair da "caixinha", expandir os seus horizontes, abraçar a democracia de fato e com força, ir muito mais além do que rege e representa o nosso logo oficial "Ordem & Progresso"

Como brasileiro eu proclamo ao meus país: Mais AMOR, muito mais RESPEITO, a construção de um OLHAR REFLEXIVO, o resgate da ÉTICA em todos os setores e inquestionável e imbarganhável TRANSPARÊNCIA POLÍTICA

Menos desigualdade, corrupção, hipocrisia, preconceito e retrocesso ideológico.

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

I'm Gonna Getcha Good by Shania Twain






(...) There's no need to be alone
When you find that someone...

terça-feira, 7 de novembro de 2017

Chloe, Oops... Você não se curou dele (Lucifer).





"O processo de cura não tem prazo de validade." 

(Lucifer, S03E06)




E não é que faz sentido mesmo?!!! Não é deixando de falar sobre o assunto ou negar os seus sentimentos e desejos ou evitar as lembranças e a presença de quem ainda continua sendo importante para você que o seu processo de cura e superação foi concluído. Então, ..., do que é preciso?!!! Eu só posso falar por mim.

Além do tempo, de encarar o romance ou tentar compreendê-lo a partir de uma outra perspectiva, mais reflexiva e racional, e do distanciamento, é preciso quebrar o ciclo, a convivência, a necessidade de estar junto - desapegar-se, quebrar os vínculos afetivos, voltar a ser sozinho!!! Romper.  Só depois disso, com muita paciência, o sentimento vai se diluindo... Talvez, nem se esgote tudo ou se transforme em indiferença, mas o furação vai perdendo a sua força e o seu poder de devastação também. 

Você superou e ficou curado quando qualquer mágoa e/ou ressentimento não gera mais dor ou desconforto, dando espaço ao carinho e ao querer bem - se, independente do motivo do término, te fez bem, e, nem tão pouco, as lembranças e a presença geram algum conflito e sensação de deslocamento em você. 

Então, se ao ter alguma notícia sobre ele(a) ou a aproximação física e social entre vocês ou a indiferença dele(a) para contigo não te afeta mais... boas notícias, caso contrário, você ainda está em processo de cura.

"As lágrimas não reparam os erros!!!"

The Verve - Bitter Sweet Symphony (with lyrics)

♫ Pitty - Na sua estante

"Eu não ficaria bem na sua estante..."