sábado, 16 de dezembro de 2017

Superstição ou não, por precaução...




Deixa eu plantar a minha mudinha, 
vai que germina a minha árvore da fortuna, né?!!!

Supera e deixa a roda da vida girar...






Você percebe a grandeza de alguém a partir da sua visão de mundo e a maneira como ele(a) encara e lida com os obstáculos e os problemas que vão surgindo no seu caminho. Desse modo, seja por teimosia ou orgulho ou por ausência de qualquer outro bom propósito, apenas os medíocres ficam remoendo as suas próprias mesquinharias e infortúnios, sempre batendo na mesma tecla. Por não admitirem os seus erros, não assumirem as suas responsabilidades, não enfrentarem as consequências das suas ações e subestimar a inteligência e o valor do outro, elas acabam paradas no tempo e no espaço, envenenadas pelo próprio fel e amargura que produzem, e não evoluem.

Aos invés delas ficarem perdendo os seus tempos e as suas energias, na tentativa de recuperar o que não pode ser mais recuperado e de revidar para aplacar a sua ira e sede de vingança, porquê não virar à página?!!! Criaturas do céu, su-pe-rem!!! Deixem a roda da vida girar...



quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Faltando mais empatia no mundo





"Ser empático é ver o mundo com os olhos do outro
E não ver o nosso mundo refletido nos olhos dele."
(Carl Rogers)

Sábio e/ou louco?!!!





"A verdade pode ser uma má escolha p/ um sábio.
(...) Se um tolo persiste em sua loucura,
Ele pode se tornar um sábio".

(Vikings, S5E01)

No mundo das ideias, tanto a loucura como a sabedoria andam de mãos dadas, por isso, a linha que separa um estado mental do outro, a genialidade da psicopatia, a sinceridade da dissimulação, é muito tênue. Nestes termos, se as suas ideias não forem essencialmente baseadas em percepções falsas, teorias equivocadas e más intenções, elas estarão bem próximas da realidade, sem nenhum esforço para enganar ninguém e nem a si mesmo.

Sábios, poucos. Malucos, dissimulados e manipuladores aos tubos!!!

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Era uma vez by Kell Smith




Porquê um joelho ralado dói bem menos que um coração partido. 


Hiato de Posts








Vixeeee, faz mais de uma semana que eu não posto nada por aqui, nem mesmo um "atchim"

Mas também pudera minha gente, semana passada a reta final da Fazenda 9 foi tiro, porrada e bomba, consagrando a Flavinha campeã - Graça à Deus!!!; além de aproveitar também esse hiato de posts para pôr os meus seriados em dia: The Walking Dead, The Exorcist, Van Helsing, Lúcifer, Arrow, Riverdale e Vikings. Sem mencionar, já mencionando, eu também estou esperando ansiosamente pela estreia da última temporada de The Originals, já com dor no coração.

Opa, deixa eu ir ali dar continuidade a minha maratona de Vikings (5a temporada). Fui e cheiro no queixo.

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Aplausos p/ a grande campeã da Fazenda 9





Há muito tempo que eu não me envolvia tanto com um reality show, ao ponto de torcer fervorosamente e votar. Isso aconteceu exatamente há 10 anos atrás, no BBB7, quando a Flavinha também era participante. De lá pra cá, ela preservou as suas melhores qualidades (sensatez, espontaneidade, humildade, honestidade, lealdade, alegria de viver, frontalidade, combatividade sem ser grosseira, positividade, atual, bela...) e, se não fosse suficiente, se tornou uma mulher incrível. Nem preciso mencionar que ela era a minha candidata favorita ao prêmio máximo de R$1.500.000,00 desde o princípio - E se cumpriu.

Baseando-me na maneira como o jogo se desenvolveu e no comportamento de todos os peãos, para mim, o resultado da Fazenda Nova Chance não poderia ser outro se não #FlavinhaCampeã. Acusada e perseguida injustamente do começo ao fim do jogo à fizeram a queridinha e protegida do grande público e alvo do grande manipulador e sádico vilão dessa edição, Marcos Harter. A melhor resenha sobre ele seria: O suposto paladino da justiça que passou o programa inteiro perseguindo um vilão inexistente, no caso uma vilã, porém ele esqueceu de se olhar no espelho e perceber quem de fato era o antagonista dessa edição - O próprio. 

A dúvida que ficou foi: Inteligente e estrategista como o Dr. Harter é, será que ele se equivocou na leitura do jogo e não percebeu até o final do reality show ou, se percebeu, a sua vaidade e arrogância não permitiram que ele admitisse o seu engano e voltasse atrás da sua estratégia de jogo (apesar de tentar mudá-la na última semana do reality, tentando erguer a bandeira branca e fumar o cachimbo da paz, mas já era tarde demais) ou, sempre soube que a Flavinha seria um obstáculo para os seus interesses dentro do jogo, por ser difícil de manipulá-la e enamorá-la, ele precisava de todo jeito transformá-la em vilã e desacreditá-la diante o olhar e a preferência do público (constatada a cada regresso dela das roças e a saída dos seus "aliados"). Creio eu, baseado na imagem que ele construiu nesses 3 meses de confinamento na Fazenda, a terceira opção lhe caiu melhor, por ser um participante que não se pode subestimar, embora a sua conduta tenha deixado muito à desejar em diferentes aspectos. Se ele buscava a sua "justiça" pessoal contra o BBB17 e limpar a sua imagem, sinto que a missão não foi cumprida.

Se a vitória da Flavinha foi justa?!!! Justíssima e consagrada através de 37 milhões de votos, dentre eles superando o seu rival em 11 milhões, tratando-se de um tombo épico. A voz da maioria do público (56,37%) foi escutada e respeitada no resultado final, sobressaindo numa dinâmica de jogo completa e perceptivelmente manipulada para levar os grandes rivais, a preferida do público e o protegido da produção do programa, até a grande noite final. Vibrei e fiquei muito feliz com a vitória merecida da Flavinha e de ter participado ativamente desse processo, impedindo que ela fosse injustiçada e destruída pela ira do seu algoz.

E, quanto ao trio "Flacelotheus" foi um show à parte, trazendo leveza e diversão ao programa, e "Flacelo" foi o casal preferido do público (e ainda continua sendo pois o namoro do casal ainda continua firme e forte pós-confinamento), onde a eliminação do seu atual namorado, Marcelo Zangrandi, por mais irônico que seja, beneficiou a Flavinha dentro do jogo, porquê aqui fora, ele se converteu no seu maior apoio e cabo eleitoral - bem mais protetor do que antes.   

O reality show acabou, bombando a audiência em sua reta final, mas, muitas histórias paralelas continuam pós-programa e que vão entreter os fandoms por um bom tempo.

sábado, 2 de dezembro de 2017

Hear My Pain Heal by Sevdaliza





(...) When I resolve into the ground
Would I feel as if I found what it means?
When the world is beating me
As much as I wanted to
Love me for as long as you can
Hold me for a temporary friend
I have no following

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Tell Me You Love Me by Demi Lovato




(...) Bad at love, no, I'm not good at this
But I can't say I'm innocent
Not hardly, but I'm sorry...

"As lágrimas não reparam os erros!!!"

The Verve - Bitter Sweet Symphony (with lyrics)

♫ Pitty - Na sua estante

"Eu não ficaria bem na sua estante..."