terça-feira, 15 de agosto de 2017

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

On & On by Cartoon feat Daniel Levi





(...) And on and on we'll go
Through the wastelands through the highways
To my shadow to the sun rays
And on and on we'll go
Through the wastelands through the highways
And on and on we will go...

domingo, 13 de agosto de 2017

Aos nossos pais





“Filho é um ser que nos foi emprestado para um curso intensivo de como amar alguém além de nós mesmos, de como mudar nossos piores defeitos para darmos os melhores exemplos e de aprendermos a ter coragem. Isso mesmo!!! Ser pai ou mãe é o maior ato de coragem que alguém pode ter, porque é expor-se a todo o tipo de dor, principalmente o da incerteza de agir corretamente e do medo de perder algo tão amado. Perder?!!! Como?!!! Não é nosso, recordam-se?!!! Foi apenas um empréstimo.”

(Definição de Filho by José Saramago) 







 

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Afraid by The Neighbourhood





(...) Being me and only me
Feeling scared to breathe
If you leave me then I'll be afraid of everything
That makes me anxious, gives me patience, calms me down
Lets me face this, let me sleep, and when I wake up
Let me breathe...

Gallows by Katie Garfield





(...) Tell them something is coming
There's blood in the water
Give them a warning
Let it all come crashing down
Burn the castle to the ground
Hang the lies, no disguise
It's our time
Let it all come
Down down, down...

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Sua cara by Major Lazer feat Anitta & Pabllo Vittar






(...) Lindo, livre, leve e solto
Doido pra beijar na boca
(Que eu vou jogar bem na sua cara)

Si o No by Anitta feat Maluma





(...) al vez sea diversión, baby 
Pero mi intención no voy a decir
Ven a descubrir...

terça-feira, 1 de agosto de 2017

Não mais, messssssssssssssssmo!!!






(...) E amores fracos não merecem o meu tempo, não mais!!! 

(Cobertor by Projota feat Anitta)

Quando foi que eu conheci o "pecado original"?!!!







Lets talk about sex, baby?!!! So...
 
Me perguntaram semana passada quando foi que eu conheci o "pecado original" na prática. Não entendi o porquê da pergunta, aliás me fiz de tonto para melhor passar, mas respondi mesmo assim, desinteressadamente. Libido zero.
 
Embora, exista o mito de que eu seja muito danado, ai de mim, antes fosse, a imaginação do povo é muito fértil. Nesses assuntos, eu sempre fui muito precoce, a minha apresentação ao "fruto proibido" aconteceu aos 7 anos de idade, não porquê tenha sido pego pelo bichinho da curiosidade, mas porquê eu fui "jogado na cova dos leões". Mas, de lá pra cá, entre a inocência perdida e a experiência adquirida, nada se compara à fazer sexo com amor - eu até prefiro porquê não há ressaca moral no dia seguinte, embora sexo seja vida e é preciso gozar para extravasar as tensões e o tesão acumulado. Amém, desejo... Amém!!!
 
Uma vez respondida a pergunta, sem maiores consequências. Nem mordi nenhuma maçã alheia e, muito menos, sucumbi aos encantos da serpente. Existem outros vícios e outros pecados capitais que fazem mais a minha cabeça do que a luxúria. A gula e a preguiça, por exemplos. E eu sou irremediavelmente urbano e inquieto para desfrutar a inércia dos jardins do Éden.

domingo, 30 de julho de 2017

Para se roubar um coração by Luís Fernando Veríssimo



Para se roubar um coração, é preciso que seja com muita habilidade, tem que ser vagarosamente, disfarçadamente, não se chega com ímpeto, não se alcança o coração de alguém com pressa.
 
Tem que se aproximar com meias palavras, suavemente, apoderar-se dele aos poucos, com cuidado.
 
Não se pode deixar que percebam que ele será roubado, na verdade, teremos que furtá-lo, docemente.
 
Conquistar um coração de verdade dá trabalho, requer paciência, é como se fosse tecer uma colcha de retalhos, aplicar uma renda em um vestido, tratar de um jardim, cuidar de uma criança.
 
É necessário que seja com destreza, com vontade, com encanto, carinho e sinceridade.
 
Para se conquistar um coração definitivamente tem que ter garra e esperteza, mas não falo dessa esperteza que todos conhecem, falo da esperteza de sentimentos, daquela que existe guardada na alma em todos os momentos.
 
Quando se deseja realmente conquistar um coração, é preciso que antes já tenhamos conseguido conquistar o nosso, é preciso que ele já tenha sido explorado nos mínimos detalhes, que já se tenha conseguido conhecer cada cantinho, entender cada espaço preenchido e aceitar cada espaço vago.
 
... e então, quando finalmente esse coração for conquistado, quando tivermos nos apoderado dele, vai existir uma parte de alguém que seguirá conosco.
Uma metade de alguém que será guiada por nós e o nosso coração passará a bater por conta desse outro coração.
 
Eles sofrerão altos e baixos sim, mas com certeza haverá instantes, milhares de instantes de alegria.
 
Baterá descompassado muitas vezes e sabe por que?
Faltará a metade dele que ainda não está junto de nós.
 
Até que um dia, cansado de estar dividido ao meio, esse coração chamará a sua outra parte e alguém por vontade própria, sem que precisemos roubá-la ou furtá-la nos entregará a metade que faltava.
 
... e é assim que se rouba um coração, fácil não?
 
Pois é, nós só precisaremos roubar uma metade, a outra virá na nossa mão e ficará detectado um roubo então!
 
E é só por isso que encontramos tantas pessoas pela vida a fora que dizem que nunca mais conseguiram amar alguém... é simples... é porque elas não possuem mais coração, eles foram roubados, arrancados do seu peito, e somente com um grande amor ela terá um novo coração, afinal de contas, corações são para serem divididos, e com certeza esse grande amor repartirá o dele com você.

"As lágrimas não reparam os erros!!!"

The Verve - Bitter Sweet Symphony (with lyrics)

♫ Pitty - Na sua estante

"Eu não ficaria bem na sua estante..."