domingo, 31 de outubro de 2010

Cuidado com a sua "Fada Azul"



Subjetivamente, somos a expressão dos nossos sonhos - Ninguém consegue viver sem eles. Sejam eles simples ou complicados, sejam factíveis ou não, você é influenciado por eles. Considerando que a "Fada Azul" simboliza a concretização dos nossos sonhos, cuidado com o que você deseja, porquê, dependendo deles, você pode se tornar um refém. Caminhar no inferno ou no paraíso está intimamente ligado ao que você almeja, em todos os sentidos.

Para quem não sabe, no universo das fábulas infantis, a Fada Azul é a figura mítica que realiza todos os sonhos e desejos humanos. Foi assim com o Pinóquio, querendo se transformar em um menino de carne e osso, também foi assim com o andróide David, o personagem principal de AI - Inteligência Artificial, almejando reencontrar a sua mãe adotiva Mônica, retratado na ficção de Steven Spielberg (na minha opinião, a sua ficção mais humanista por se tratar dos sentimentos humanos e da deflagração da nossa "robotização" de atos, pensamentos e sentimentos), ..., isso sem mencionar todas as princesas dos contos de fada. Lembra-se de Cinderela e sua fada madrinha?!!!

Mas, no mundo real, contamos apenas com os nossos sonhos e a nossa força e capacidade de realização. Milagres acontecem, mas, NÃO à toda hora, à todo dia e conforme a nossa vontade. Por isso, sonhos só deixam de ser sonhos quando concretizados.

- "A impossibilidade dos seus sonhos, desejos e ambições é diretamente proporcional à sua ação. Ou, pelo menos, a tentativa desta ação."


Se você produz sonhos mega, megalomaníacos, pressupõe um esforço e uma medicação mega, na mesma proporção. Então, não queira que a sua "Fada Azul" chegue ao desfecho final, se você mesmo não deu condições para essa chegada. E se questione: Você quer cultivar mega sonhos ou sonhos que caibam na palma da sua mão?!!!

- "Cuidado com a sua sua "fada azul". Cuidado com aquilo que você sonha."

Dilma, ela chegou lá!!!



Independente de quem você votou, todos nós, brasileiros, estamos vivendo um domingo histórico: Oficialmente em Brasília, às 20h : 15 min, foi declarado pelo TSE com 55,35% dos votos válidos a vitória eleitoral de Dilma Rousseff nas urnas.

Indiscutivelmente, nós estamos presenciando o dia em que A MULHER alcança o cargo democrático mais importante, tornando-se à primeira "PRESIDENTA DA REPÚBLICA BRASILEIRA"!!!
Se ela vai dar conta ou não desta responsabilidade política, nós só descobriremos com o tempo, como também, se o povo brasileiro soube escolher a sua representante máxima para reger a nossa vida.

Fora isso, especulações apaixonadas e inflamadas não mudaram o facto - O Dia em que a MULHER BRASILEIRA chega ao PODER!!!




A morte passou por aqui...




Não era apenas um cheiro ou uma névoa que pairava no ar... Infelizmente, ela passou e levou junto consigo o "Piu-piu". Pelo menos, apesar de mais uma perda e ausência, o consolo é: "O sofrimento acabou, cãozinho!!! Descanse em paz!!!"

A paz em mortalha, no ápice da sua silenciosa e lacunesca passagem.

Anjo da Noite



"A noite descem véus de sombra. Majestosa negra e fria... Circunspecta,uma estrela assustada treme na azul lonjura. Esta noite, serei anjo, descerei leve sobre o teu leito, sem te acordar. Deixarei no teu peito, com ternura, a luminosa doçura de uma gota de luz que cai do meu olhar, até que o sol da alvorada te descer às pálpebras..."


(Anjo Albino Santos)

Happy Hallo!!!

sábado, 30 de outubro de 2010

Cabalisticamente, mortal


Coincidência ou não, cabalísticamente anunciado ou não, algumas almas cansadas de sofrerem na Terra, pós-enfermidades, despedem-se da sua matéria, dos seus entes e desse plano astral em feriados e dias santos e em festividades pagãs. Assim como, houvesse um clima já preparado para a sua partida. Se não é chegada à hora, há uma piora significativa na sua saúde e no seu quadro clínico. Eu já venho observando esse fenômeno com uma certa frequência: Foi assim com a minha mãe, piorando no Natal e falecendo no Reveillon (2007); com o meu tio que faleceu ontem à noite; com o Piu-piu ( o yorkshire daqui de casa) que entrou em crise cardíaca horas antes do Halloween chegar e do Dia dos Finados. Além de outros acontecimentos.

São momentos assim, que a gente fica cara a cara com a morte e a fragilidade humana, precisando aprender a lidar com as perdas, com o sopro da chama da vida terrena que se apaga. Basta estar vivo para morrer. É um fato e ninguém pode negá-lo ou evitá-lo.

Existem perdas e perdas. Algumas mais sentidas do que outras, outras nem tanto, mas, é sempre com um certo pesar que paira na despedida.

- "Pra mim, depois da partida da mamãe, toda e qualquer perda ficou menor. Não há um só dia que eu não a sinta ou não pense nela. Sei que ela ainda está comigo. Todavia, eu prefiro a partida do que o sofrimento, portanto, apesar da ausência e da saudade doer, ainda é o que me reconforta."


Se é que existe uma data certa pra a partida, esses dias são os mais cotados. Se não não, pelo menos, me sugerem que sejam. Talvez, a cultura indígena e dos povos mais antigos retratem esse fenômeno com mais expressividade e tenham bem mais explicações à dar do que a minha simples experimentação. Senso comum, porém não científico, também é um dado de realidade.

- "Prática, meus caros. PRÁTICA. Muitas vezes, são mais significativas do que meras teorias, onde, muitas delas, são tendenciosas para defender um ponto de vista ou segmento social."


Morbidez à parte ou licença poética de véspera de Halloween, eu estou sentindo o cheirinho da morte no ar...

Liberdade rima com...


Responsabilidade!!!


"Quando eu digo para você que você é livre, eu quero dizer que você é um Deus. E isto não é licenciosidade, é tremenda disciplina”.

(Nietzsche)

Escolha em você, por você!!!


Escolhas decisivas nunca são fáceis de serem tomadas, principalmente, quando decidir ultrapassa os seus domínios, o seu território pessoal, envolvendo outras pessoas. Nessa situação, quando você se depara com um dilema dessa delicadeza e complexidade, como se portar diante dela?!!! Por quem escolher?!!!

Por mais egoísta que se pode ser, com certeza, seja egocêntrico, decida por você. Claro, sempre ponderando a melhor solução, mesmo que ela, não consiga satisfazer a gregos e troianos. Se, ao decidir, você conseguir ficar com a sua consciência limpa e colocar a sua cabeça no travisseiro e dormir, pronto, é o que realmente vale.

A partir do momento, em que você faz as suas escolhas pautadas em você mesmo, você saberá quais as consequências que irá enfrentar, caso não saiba, enfrentará-las do mesmo jeito. Assim, você não delegará responsabilidades e, muito menos, despejar as suas expectativas em terceiros.

- "Quem muito espera do outro, fazendo dele o alicerce e o porto seguro da sua vida, caso ele te falte, a sua frustração será imensa. Os vazios existem porquê parte das suas frustrações você delegou a outrem e, nesses casos, pode ser que o delegado não tenha noção da expectativa lançada sob ele ou, simplesmente, o era impotente demais para correspondê-la. Enfim, megas expectativas sugerem megaseres, e ninguém é mega o bastante para satisfazer o outro todo o tempo, a vida inteira. Ser martir e salvador da pátria é uma missão ingrata e injusta."



Infelizmente, a nossa cultura nos cria duplamente subservientes e dependentes, onde sempre nos colocamos a posição de inferioridade, precisando de alguém para nos representar e conduzir socialmente e, sobretudo, no psicoafetivo. Tudo bem, que ninguém é totalmente uma ilha e é quase impossível ser feliz sozinho, mas, nos momentos cruciais não podemos nos autoabandonar e, sobretudo, termos a única certeza quanto à que: "O único apoio certo é o nosso mesmo".

- "Seja sempre mais você. Na falta de, quem mais será?!!! Escolha em você, por você!!!"

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Turismo Sexual?!!! Eu tô fora...



De antemão, eu não me encomodo em dar informações turísticas sobre o meu estado, sobre Fortal City, até porquê, receber os turistas bem está arraigado na essência do nordestino e de todas as cidades que sobrevivem economicamente do turismo local, mas, ..., há algo que deve ser deixado bem claro: "Porra, eu NÃO estou incluso no pacote turístico".

- "Eu sou terminantemente contra há qualquer sinal do turismo sexual e, sobretudo, de fazer parte dele".


Foi-se o tempo em que viajar para cidades litorâneas era motivada pela vontade de conhecer as belezas naturais, a cultura e a culinária da região. Infelizmente, não temos como negar, nós estamos na rota do turismo sexual e da forma mais sórdida possível - Sendos usados como meros objetos sexuais e turísticos e, se é quê, em algum momento, seremos lembrados e associados às "lembrancinhas turísticas" . Um lapso!!! Um lamentável lapso!!!

Quanto ao comportamento dos solteiros... Vixe, mais lamentável ainda!!! Parece que o intuito de participar de uma orgiazinha atroz ou dar aquela trepadinha casual é um artigo de viagem que não pode mais faltar quando eles estão arrumando as suas bagagens.

- "Nada contra beijar na boca e desfrutar de ótimos momentos de forma casual numa viagem, porquê ninguém está imune em se encantar por um(a) nativo(a) da região, mas, existem situações e situações."


Dar um crédito ao acaso, ao destino, pra quê?!!! É melhor garantir o "prazer" (Oh, yeah!!!) da viagem: "Eu já vou chegar na cidade com uma trepadinha agendada!!!"

- "Ai, é?!!! Hum... Há quem se inclua no pacote turístico, eu não!!! Eu ainda sou a favor do envolvimento e, se é para chegar até mim, que venha por minha causa e não para dar "umazinha " premeditada."


Ah, e ainda tem mais... Eu não sou o tipo de cara que me contento ou se deixe usar por uma viagem de feriadão e, muito menos, de férias. Meu estilo chama-se envolvimento e não de uso sexual.






quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Buscar?!!! Procurar?!!! Fora de cogitação!!!

Novembro está chegando e eu ainda continuo fechadaço para balanço, sem vontade nenhuma de abrir o meu coração. Abrí-lo?!!! Pra quê?!!! Como se isso fosse possível. Desastradamente ou não, pode até demorar, mas, por si só, ele acaba se abrindo sozinho a partir de um "toque" diferenciado, apesar da dimensão subjetiva deste, num primeiro momento, é sempre construída por mim - trata-se de projeções e elaborações psicoafetivas, Freud explica.

- "Não é e nunca foi um mero toque. Os grandes toques sempre acontecem de 4 em 4 anos, assim, como os eventos olímpicos e os anos bissextos. Toques que me marcam profundamente."


Se eu vou buscar?!!! Procurar?!!! Fora de cogitação!!! Nem me proponho à. Nem sempre toda busca recai em ótimos encontros: "Eu quem o diga!!! Aff!!!" Deixa eu ficar quieto no meu canto, me recuperando, me fortalecendo, investindo em mim e, quem sabe, quando surgir, assim, do nada, inesperadamente, pode ser que esse tal "encontro" que todo mundo tanto almeja, aconteça comigo. Até lá, eu não me encomodo nem de contrariar a minha "regra novembrina".

- "Regra?!!! Sina?!!! Seja o que for, é muito da furada!!! Nem confiança!!!"


Sinceramente, sem ansiedade nenhuma. Deixa acontecer o que ainda está para acontecer... Se é que existe algo para, né?!!! rs... Mas, como dizem as minhas amigas brazucas no Japão: "Gambate, gambate!!!" Porquê o show não pode parar e o tempo urge!!!

2º turno à caminho...


Pois, muito que bem, o 2º turno já está praticamente batendo à nossa porta: "JÁ É DIA 31, Gente!!!" Então, eu não serei cabo eleitoral de A ou B, de azuis ou vermelhos, mas, faço um apelo para a sua consciência crítica: O que realmente importa nesse processo eleitoral, apesar da baixaria e da luta corpo-ético-moral que estamos sendo obrigados à presenciar, é que você exerça a sua cidadania, de preferência, com consciência política. Como quem vai votar é você e não eu, pense naquilo que será melhor para todos nós, cidadãos brasileiros, e não apenas um segmento da sociedade.

- "Mais do que um segmento apenas, a sociedade é formada por vários!!! Não se esqueça disso!!! Somos uma democracia, somos plurais!!!"


E para quem vai justificar o seu voto, justifique se for inevitável justificar. Não se omita por mera irresponsabilidade eleitoral e comodismo. Se você pensa que o seu voto não fará a diferença, aí que você se engana - Eu já vi eleições serem decididas por pouquíssimos %!!! Um voto perdido aqui, adicionado com outro ali... e assim vai... Um grupo de omissos que acabaram fazendo a diferença.

- "Depois não adianta reclamar que escolheram por você!!!"


Enfim, vamos lá!!! Apesar das eleições serem em pleno Dia das Bruxas, tomara que não tenhamos que viver futuros dias de "caças às bruxas"!!!

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Suspeita confirmada...


Devidamente, CANTADO!!!


Quando eu digo, alguns não acreditam... Mas, eu não cismo à toa. Lembra-se do "Facebookeando no tempo..."?!!! Então, nesta madrugada eu tive a constatação das minhas suspeitas: "A cantada foi na lata, sem abridor!!!"

- "Ai que meda!!!" rs...


Sem direito a tradução simultânea:

(...)1 "Sad for me!!!"

(...)2 "You are a cute boy!!!"
;)


kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
(Nazaré)


Naturalmente, que mediante às circunstâncias eu me fiz de João duplo: de "Bobo" e "Sem braço". E apenas respondi:

(...)1 "Why?!!!

(...)2 "Serious?!!! Gentility for it's part!!!"



- "Eu, heim!!! Eu não quero nem sarna para me coçar... Mas, de toda forma, quando a gente não espera, sempre um xaveco amaceia o ego da gente, né?!!!"

Mensagem recebida


- "Haja o que houver, eu nunca irei te esquecer!!!"

Hum, sei. Independente das suas impossibilidades: Não quer, não pode, não gosta, tem dúvidas, ...; pouco me pertencem e, muito menos, mudariam a situação. Tolo do coração que se deixasse abater e se iludir por meras palavras "send(iadas)", enviadas, que nunca deixaram de ser juras incumpridas e falseadas.

Chegamos numa situação tal em que o meu coração já se tornou indiferente aos seus apelos e inume as suas armadilhas envolventes, nem adiantando e querendo acorrentá-lo e aprisioná-lo à sua gaiola de ouro fosco, ao pé da sua cama (talvez de casal), ao seu ego, à sua vida e lembranças... Eu não me proponho a ser a sua muleta afetiva, o seu momento de refúgio quando o seu desejo e a sua carência chamam por mim, o seu pet que abana o rabinho quando é chamado e acarinhado, enfim, o seu bote salva-vidas ou brinquedinho momentâneo: "Dane-se e não Dani-se!!!"

- "As amarras foram soltas, meu coração foi alforriado, os grilhões rompidos... eu estou liberto, eu parti!!!"



(...)"Coração aprisionado não canta, não canta, amor
Há uma fera a solta, a solta, amor
Dentro de mim
Ai, há uma fera a solta, e a minha garganta, amor
Se estreita e se cala a solidão é assim:
Silêncio."

(Ney Matogrosso - Coração Aprisionado)




- "Mensagem devidamente recebida, lida e deletada!!!"

domingo, 24 de outubro de 2010

Heteros e "Heteros" (II) - O conceito


Polêmicas à parte, o meu interesse nesse post não é ser fiscal sexual da vida alheia, até porquê, o que cada um faz em quatro paredes e em cima da cama ou no chão ou pendurado do lustre é apenas o reflexo da sua identidade sexual e das preferências e fantasias sexuais que possui, além de ser de fôro íntimo, restrito e pessoal ( se não é, deveria sê-lo), mas, refletir e discutir sobre o comportamento dos heteros de hoje em dia, sob o seguinte aspecto: O que é ser hetero?!!!

Houve um tempo, não muito longíquo, em que se questionava muito: "Será que ele é?!!!" Mencionando se o moçoilo tinha ou não tendêndias para ser homossexual. É ou não é?!!! Caso fosse, "o babado é certo"!!! Embora, essa curiosidade sexual não esteja em desuso, mas, a partir da visibilidade gay retratada nas prides e parties G (paradas e festas gays) e na mídia em geral, mesmo que ainda seja de forma estereotipada e caricata, os meninos, os jovens e os senhores mais corajosos e assumidos estão dando as suas caras às tapas e saindo de dentro do armário. Tudo indica que: Quem sai do armário, deixa de enfrentar especulações veladas e obscuras para se dedicar a outro passo, bem mais importante - o da conquista da cidadania e respeitabilidade.

Mas, conceitualmente, o que nós aprendemos nessa sociedade machista em que vivemos, sob fortes influências religiosas e capitalistas, que, por definição, o homem hetero é aquele que gosta e se relaciona sexual e afetivamente apenas com o seu sexo oposto, no caso com as mulheres. Abstraíndo do estereótipo e da caracatura do homem machão brasileiro: Aquele sujeito grosseiro, que cospe no chão, coça o saco, adorador da cerveja, do carro, do futebol e de um mulher gostosa, do tipo homem que é homem e não gosta de homem(hetero); independente se ele é mais rústico ou educado, mais formal ou espontâneo, mais duro e racional ou sensível, sua tendência é voltada para adorar a mulher e jamais sentir interesse, sob nenhum aspecto, nem mesmo uma "curiosidade passageira", com relação à outro homem.

- "Deveria, né?!!! Mas, não é bem assim que acontece. A teoria é uma coisa, na nossa prática atual, bem diferente. Se duvidar, desde que o mundo é mundo, já se existia no Éden, o paraiso de Adão e Eva, a presença de um gay ou uma lésbica ou ambos ocultos no paraíso. Enfim, o "terceiro sexo" não é uma invenção comportamental dos dias atuais. Historicamente, eles já são retratados nas sociedades mais antigas, com direito à passagens bíblicas."


Então, sob essa ótica conservadora, hetero que é hetero não tem nenhum envolvimento ou prática homossexual. Se deveria ser assim, então o que faria dessa ala mais libertária e moderninha dos "heteros" de hoje que se envolve afetiva e sexualmente com eles?!!!

Como diz um amigo meu carioca: - "Dan, não existe mais heteros como antigamente". E pelo que eu tenho observado por aí, eu também acho que não. Esse novo "hetero", talvez nem tão novo assim, sempre tenha existido, mas vivia escondido e agindo sorrateiramente para não sofrer preconceito e ser discriminado, pois, numa sociedade de rótulos, ou você é homem ou você é mulher, entrou numa terceira opção, já é visto como aberração - Em certos casos, até que são sim.

Das duas, uma:

Primeira Opção: O hetero da definição, é apenas uma mera definição social e normativa, para que a ordem social esteja estabelecida. Se por um lado, exista uma parcela de homens que são 100% heteros e completamente bens resolvidos com a sua heterossexualidade, por outro, também exista esse hetero mais hibrido, de tendência bissexual, mas, pela questão contextual, não assuma o seu pólo homossexual por questão social e familiar para não ser vítima de preconceito - O que não me parece ser absurdo, porém, ao meu ver, a bissexualidade em si é um caso raro, atípico.

Ou, Segunda Opção: Esse "hetero" ou "new hetero" mais flexível e versátil, sempre foi um homossexual enrustido - Socialmente, protagoniza uma vida de homem hetero, casado e com filhos, e, na cladestinidade, dá vazão aos seus instintos mais reprimidos e ocultos, deixando aflorar e vivenciando o seu lado de homem homossexual.

- "Sejam heteros ou homos, nunca deixarão de serem homens, isso é fato. Até mesmo em casos de trans (travestis e transsexuais) - nestes casos, biologicamente falando, já que muitos trans percebem-se como mulheres num corpo estranho".


O problema desse "hetero" além de ocultar a sua homossexualidade, reprimida e oculta, também consiste em viver uma grande farsa pessoal, porque não pode vivenciar a sua identidade sexual em sua plenitude, muitas vezes, como gostariam de vivê-la, abertamente, sem precisar viver em guetos e na clandestinidade como se fosse um marginal (como se fosse não, é sob o olhar social), desencadeando transtornos, fobias e doenças psíquicas, e familiar, uma vez que engana a sua esposa e os seus filhos, sendo um homem de faixada, bem diferente do que gostaria de ser. Além das suas frustrações pessoais, ainda protagonizam uma grande hipocrisia.

- "Mesmo assim, alguns ainda preferem viver na clandestinidade, não apenas por convenções e conveniências sociais, mas, porquê gostam de alimentar essa vida hipócrita que vivenciam, sentindo o mórbido prazer da vida dupla, manipulando a vida e os sentimentos das suas companheiras e recriminando os gays assumidos. Enfim, tratando-se de um príncipe hipócrita com um comportamente vil num castelo de hipocrisias ou, quem sabe, um sapo cururu num pântano fétido."


A questão primordial é: Está havendo uma inversão de papéis. Se antes os homossexuais estavam sempre na berlinda e a sua masculidade sendo posta em cheque e alvo de dúvidas e deboches, agora é o contrário, já que a especulação gira em torno dos heteros: Será que ele é hetero?!!! Tanto é que, o contingente de mulheres solteiras, solitárias e desesperadas é cada vez maior, queixando-se até que está faltando homem hetero no mercado. Sem ignorar o fato que os gays já anunciam aos 4 cantos do mundo que o mundo é gay e cor de rosa.

- "Nosssssssssssssssssssssssss sa, Senhora!!!"


Eu não duvido nada que o hetero por definição, esse 100% hetero, realmente seja um espécime em raridade. Porquê o que tem desse " new hetero" por aí, não está escrito no gibi. Tanto que, está se criando um movimento popular dos heteros em prol do orgulho hetero, já representado em prides e festas heteros.

Enfim, trata-se de um assunto comportamental muito complexo e polêmico, mas, que o "hetero", seja bissexual ou homossexual enrustido precisa se aceitar como tal e ter a plena consciência das falácias que eles constroem ao mentirem e ludibriarem não apenas à eles mesmos, como também à terceiros. É a partir desse comportamento hipócrita e dúbio que pessoas são envolvidas, enganadas e magoadas e relacionamentos desastrosos são construídos e fadados ao fracasso. Quantas obscuridades.

E assim a heterossexualidade é constituída de heteros e "heteros". Outros rótulos, fica por conta e critérios de quem quer rotulá-los.

Heteros e "Heteros" (I) - Contextualizando



A masculidade dos homens sempre foi um assunto bastante polêmico e questionado. Isso, porquê, numa sociedade patriarcal e, principalmente, ocidental como a nossa, onde a hegemonia social e familiar do homem-provedor ainda é uma prerrogativa secular. Até quando essa hegemonia será a máxima social, não podemos afirmar, pois, esse conceito vem caindo por terra desde a liberação sexual: Primeiro, com a conquista da liberdade sexual, cidadã e trabalhista feminina, onde, grande parte das mulheres se tornaram as provedoras de seus lares, não se limitando apenas a cuidar da casa, do lar e do marido, e, segundo, com a visibilidade homossexual e a luta pelos seus direitos como cidadãos, mesmo que aconteça por caminhos tortos - muito mais festas e orgias arco-íris, baseadas em sexo, purpurina, buá e glitter do que por respaldo através de políticas públicas que assegurem o direito dos homossexuais.

Falar que existe uma educação sexual no Brasil é uma grande falácia, até porquê, num país que se transpira sexo por todos os poros, seja praticando ou desejando, fazer sexo ainda é um tabu delicioso e profano: "Amém, Desejo... Amém"!!! E como tabu, as escolas não cumprem um papel mais efetivo nessa área, quando dão informações de cunho sexual, sempre são muito superficiais, e no ambiente familiar, quando não se é um assunto proibido, incomunicável, é tratado com desdenho, ignorando-o. Enfim, poucas famílias tem um diálogo franco e aberto sobre o assunto.

- "Infelizmente, o sexo não deveria ser tratado como tabu, como pecado, mas, como uma necessidade humana e exensão de um relacionamento, nem sempre e grande parte, sérios e duradouros."


É nesse contexto anti-educação sexual, onde os meninos, os futuros homens do amanhã, ainda hoje continuam aprendendo a teoria e prática do sexo, da mesma forma como os nossos antepassados: Da forma tosca, preconceituosa, desinformada e banalizada, agora com a inclusão do aparato tecnológico por intermédio da progamação da tv (programas jornalísticos e de entretenimento, filmes, novelas, ...) e internet.

Ainda hoje os garotos possuem o mesmo contato com o sexo, herança sexual passada de pai para filho: "Liberar a sua porção macho e garanhão sem maiores pudores e preocupações. O que "come" todas!!!" Assim, quando não aconselhados pelos seus pais, não experts no assunto, repletos de preconceitos e conceitos arcaicos e limitações adquiridas, também repassadas pelos seus pais - na mesma situação, configurando um ciclo masculino vicioso, ou levado para as zonas de prostíbulos ("Por quanto você cobra o programa?!!!"), a descoberta sexual também é aprendida juntamente com os seus amiguinhos de escola ou na rua, seja trocando informações ou praticando juntos - entre si ou com parceiros e parceiras diferentes, seja da família em parentescos de primeiro e segundo grau (primos x primas, primos x primos, irmãos x irmãs, irmão x irmãos) ou não.

- "Meninas, não se escandalizem. O velho "troca-troca" entre os meninos é uma prática sexual secular, geralmente mediadas por abuso sexual, onde o mais velho se aproveita da ingenuidade do mais novo ou o força a defloração, concretizando a lei do mais forte. Alguns iniciam assim, mas, não deixam de ser heteros por isso - é apenas uma experiência introdutoria - literal e carnalmente. Já outros, não conseguem desvencilhar dessa introdução, construindo relações homoafetivas. Agora, quanto ao incesto, eu já ouvi e li relatos dessa natureza, principalmente entre irmãos gêmeos."


Nesse último século, a área sexual houve poucos avanços significativos, dentre eles: Uma maior liberdade para se discutir sobre o assunto, já é um grande passo; a liberação sexual de grupos reprimidos como o feminino e homossexual; e a prevenção e o tratamento das DSTs (Doenças Sexualmente Transmissíveis).

- "Meninos!!! Meninas!!! Não esqueçam de usar a camisinha, dentro ou fora dos seus relacionamentos!!! Existem casos em que o desejo falou mais alto do que a responsabilidade do sexo seguro e da fidelidade."



E é nesse contexto que os heteros vão sendo formados, como também todos os conceitos que são formulados e definidos para a prática heterossexual e o comportamento dos heteros. Entendendo o contexto, passaremos para a parte II, o conceito.

sábado, 23 de outubro de 2010

O "Serra" ligou pra mim!!!



Ontem, eu recebi uma ligação tucana e inesperada. A treva!!! (Aff1)

- "Amiiiiiiiiiiiiigo, adivinha quem ligou pra mim?!!!" rs...


Em pleno recesso e recolhimento do meu lar, home, sweet home, e evitando a fadiga, eis que toca o telefone com a seguinte gravação tucana, detalhe com a voz do Serra - Quase um teti a teti com o eleitor:

- "Se você vai voltar na Dilma, não se esqueça, do caso Erenice Guerra, ela, a amiga de Dilma..."


HUNF!!! Porquê ao invés de falar da sua campanha e dos seus projetos políticos para a Terra Brasilis, tentando convencer o eleitor que o candidato tucano tem o melhor projeto para o país, "ele" e todos os seus colaboradores preferem incentivar a baixaria política?!!! Tsc, tsc, tsc, iniciativa lamentável.

- "Eu não sou lavadeira para lavar a roupa suja dos outros e, muito menos, fofoqueira de plantão para me interessar por mexiricos da vida alheia. Oh, coisa de gentalha!!!"


Naturalmente, como um bom cidadão que sou, cumpridor dos meus deveres cívicos, e nada alienado político, sei muito bem do caso Erenice Guerra (mais um dos escândalos políticos protagonizados no Governo Lula) e mais uma decepção (é claro, que eu estou levando em consideração esse fato na hora de votar) ..., mas, escândalos por escândalos, o Governo FHC e as administrações do PSDB não estão e nem estiveram isentos de escândalos e corrupções.

- "Por mais que eu seja simpatizante do PSDB, pelo menos, no meu estado, eu não posso negá-los. Por isso, olha o sujo falando do mau lavado!!!" (Aff 1)


Essa baixaria política é tão cansativa... Me dou o direito a não participar dela e pensar no meu voto de acordo com os meus próprios critérios: "Não há nem um martir ou salvador da pátria entre os 2 candidatos, por isso, não há nenhum paixão política da minha parte por eles, pois, o que me interessa qual será a administração melhor para o meu país, para a minha gente, nós brasileiros em geral, independente de qual segmento você se adeque".

- "Antes de mais nada, eu não voto em azul ou vermelho, eu voto na cor em verde e amarelo!!! E aquele que melhor se aproximar do que eu considero ser importante para o país terá o meu voto."

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Nada mais do que imagens



Imagens são apenas imagens, não se esqueça disso. O significado que você atribui a ela, é uma construção completamente subjetiva sua - por mais quê, elas despertem em você uma sensação, um sentimento, um desejo, em prática e em jogo de cena, elas não interagem de igual para igual. Você a admira, você dá a importância, você a cultua, enfim, é você que dá sentido a ela de acordo com a sua essência, suas lacunas e o seu momento.

- "Isso serve para todos os tipos de imagem, até as humanas também".


Em se tratando desta, você sempre corre o risco de interpretar errado ou aquém/além do que realmente ela representa. Você é quem a idealiza, empresta características e expectativas suas, interpreta as entonações e ênfases, os gestos, as intenções, os sentimentos, as necessidades.., cuidado para não se perder em tantas impressões, porquê é sempre muito delicado e complexo tentar fazer a leitura do outro. Ah, e você não é Deus para saber de tudo. Afinal, ninguém sabe o que se passa com outro integralmente, nem ele próprio.

- "É sempre um tiro no escuro, quando não no pé, até mesmo com a pessoa mais transparente que se possa ser, pois, nem sempre os desejos, os planos e as expectativas andam de mãos dadas."


Nem sempre as idéias e as ações demonstradas correspondem aos fotos.

Nem sempre a intenção demonstrada é a mais sincera possível.

Nem sempre o que se parece ser, é.

Nem sempre as imagens que vemos é a mesma que enxergamos, portanto, não se esqueça: "Imagens são apenas imagens, nada mais do que imagens".

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Facebookando no tempo, percebi....



Eu não sei a data certa, mas, eu tenho a impressão, que eu ingressei no Facebook nessa mesma época, em outubro do ano passado (2009) - Desde então, pra mim, o orkut não foi mais o mesmo e a minha participação por lá foi se tornando cada vez mais esporádica, bem limitada até, inexpressiva. No entanto, revendo alguns posts antigos, fui percebendo que: "Durante alguns meses, eu estava sendo paquerado, sem notar".

- "Putz, a ficha só caiu agora, quando as cantadas cessaram, apesar do contato ainda acontecer. Sem lamentos!!!"


Por mais que a persona em questão seja interessante, eu não ousaria investir, pois, se investisse, seria mais um daqueles tipos de relacionamentos inviáveis em que você investe até um certo tempo, enquanto a sua paciência, o seu encantamento e a sua teimosia persistirem, e depois sucumbe, ficando claro o tempo e a energia gastos e a inviabilidade constatada.

- "Oooops, casos assim, eu tô fora!!! Já basta o tempo e a energia perdida em outros caminhos que não me levaram à nada - Olha que eram situações palpáveis, bem palpáveis, no mesmo condado de Fortal City."


O importante mesmo é dizer que eu estava num outro momento, com outros focos, por isso, a paquera passou desapercebida (a paquera em si, a persona não) e, de qualquer forma, caso eu percebesse, eu não estava preparado para enfrentar essa oportunidade da forma como merecia. Sim, um adendo, hoje, eu também não estou preparado.

- "Nesses termos, não adianta a oportunidade passar na sua frente, marcar presença, fazer charminho e dar um thauzinho, e você percebê-la e não poder enfrentá-la de frente. Se antes eu já não estava, eu estava perdendo o meu precioso tempo e energia com outras possibilidades - não quero nem mencioná-las; agora, a minha subjetividade me sugere ficar só, como eu estou, até porquê outras questões mais complexas envolveriam: distância continental, diferença de idiomas e culturas, lojística, ...".



I'm sorry, but... I don't want to know about is this.



Ever the same by Rob Thomas




... "We would stand in the wind
We were free like water
Flowing down
Under the warmth of the sun
Now it's cold and we're scared
And we've both been shaken
Look at us
Man, this doesn't need to be the end..."

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Semana da Educação Especial



Eu apoio essa causa!!!



"Toda criança possui os mesmos direitos, sem nenhuma discriminação por raça, cor, sexo, língua, religião, país de origem, classe social ou riqueza. Toda e qualquer criança do mundo deve ter seus direitos respeitados!!!"

(Princípio 1 - Igualdade e oportunidade para todas as crianças, sem distinção)



"Crianças com deficiência física ou mental devem receber educação e cuidados especiais! Porque elas merecem respeito como qualquer criança!!!"

(Princípio 5 - Diz respeito as crianças especiais, portadoras de qualquer "especificidade")



É preciso aprender a lidar com as diferenças. Qual é a sua?!!!

Poxa, que pena!!! Que pena, amor!!! ;)




Especialmente, para os arrependidos:



Olha só você
Depois de me perder
Veja só você
Que pena!!!!

Você não quis me ouvir
Você não quis saber
Desfez do meu amor
Que pena! Que pena!!!

Hoje é você
Quem está sofrendo amor
Hoje sou eu quem não te quer
O meu coração
Já tem um novo amor
Você pode fazer o que quiser!!!

Você jogou fora
O amor que eu te dei
O sonho que sonhei
Isso não se faz
Você jogou fora
A minha ilusão
A louca paixão
É tarde demais...

Que pena,
Que pena amor!!!

Hoje é você
Quem está sofrendo amor
Hoje sou eu quem não te quer
O meu coração
Já tem um novo amor
Você pode fazer o que quiser...

Você jogou fora
O amor que eu te dei
O sonho que sonhei
Isso não se faz
Você jogou fora
A minha ilusão
A louca paixão
É tarde demais...

Que pena,
Que pena amor!!!!

Que Pena.

(Raça Negra - É tarde demais)

"Agora é tarde, né?!!!"




- "Yep, my best friend, depois do torpedo que você me enviou ontem, não tem como não fazer dele um post - a temática pede e concordo com você: 'Agora é tarde!!!'"


Mas, amigo, não é sempre assim?!!! Nós só aprendemos a valorizar quem está do nosso lado, seja em que situação for, para o que der e vier, nos dando carinho, apoio, compreensão, consideração e otras coisitas más quando perdemos?!!! Well, well, well, infelizmente, é assim.

Algumas perdas afetivas são reversíveis, desde que, quem dá o perdão esteja preparado para dá-lo e o sentimento ainda fala mais alto e forte. Outras não. Quando a mágoa fica, deixando marcas na alma e no "coração", e o sentimento morre e passa, tornando-se uma lembrança do passado, nem sempre muito agradável, é difícil reverter a situação, principalmente, no seu caso: "Refeito, namorando e c... muitoooooooooooooooooooo!!!" rs... (Captou o verbo, amigo?!!! Terminando em ando!!! kkkkkkkkkkkkkkkkk Nazaré)

Só mulher de malandro e masoquista gosta de sofrer e levar na cara, assim, nesses casos, perdoar é fácil. Há quem trai, brinca com os sentimentos dos outros, sem o menor zelo e consideração, apronta tudo e todas, e, quando se dá conta da besteira e das atrocidades que fez, trocando o CERTO pelo duvidoso, tenta reparar o erro.

- "Certo, todo erro deve ser reparado, mas, ... AS LÁGRIMAS NÃO REPARAM OS ERROS e não reparam mesmo. Pode até amolecer um coração, que pode estar ansioso para perdoar - se ainda estiver apaixonado, mas, não há lágrima e arrependimento no mundo que repare uma confiança rompida, partida, quebrada."


Os fracos perdoam para não ficarem sem a sua muleta afetiva e os covardes para fugirem da solidão, porém, à custa de viverem na corda bamba, consumindo-se de dúvidas, desconfianças e inseguranças na eminênica de uma próxima traição, carnal ou não. Isso é vida?!!! Para eles, não para mim.





É sempre muito bom a sensação de se deparar com o reconhecimento (muitas vezes, em forma de arrependimento) de quem a gente se relacionou, mesmo após o relacionamento ter acabado. Pouco importa se vem através de um arrependimento, azar de quem se arrependeu e, agora, que aprenda a lidar com esse gostinho amargo - essa é a paga por todo o sofrimento, a angustia e a frustração causados!!!

- "Estão arrependidos?!!! Danem-se!!! Figurinha repetita não completa álbum... No máximo, serve para jogar bafo-bafo e olhe lá!!!" rs...


Além do gostinho de vingança, é claro, o melhor de tudo é saber que você fez a sua parte e deixou marcas boas por isso - no caso, a saudade. PORÉM, o reconhecimento tardio, tem baixo impacto e pouco efeito, uma vez que o mundo já deu muitas voltas e o tempo passou, fazendo com que o seu sentimento mudasse ("Os Sentimentos Mudam", lembram-se?!!!) . Não tem jeito, a vida continua... Novas aprendizagens, novas experiências e novos amores.

- "Amém, Desejo... Amém!!!"

domingo, 17 de outubro de 2010

O novo hit do momento: "Pobreza Pega"




"Pobreza pega!!!
Pega, pega como sarna!!!
Pega como vírus!!!

Não pegue em nada
Para não me contagiar...
Pega como sarna,
Pega como vírus!!!

Eu sou ricaaaaaaaaaaaaaa!!!"


- "Nossssssssssssssssss sa, Sra!!! Não falta mais nada pra o povo inventar!!!"


P.S. Esse hit é baseado nas vilãs da teledramaturgia!!!

sábado, 16 de outubro de 2010

Get Out!!! , Not the door!!!





- "Bem sacado, uma hora, o menino tem que nascer!!!"

"Apavorator", A-pa-vo-ra-do!!!



- "Scream total!!! É incrível como as confirmações surgem das formas mais inesperadas, nesse caso em especial, da forma mais "Frontier Ville" possível!!! Preterizei-me, meu caro Watson!!!" rs...

Não basta apenas querer e sonhar



Não basta apenas querer e sonhar, é preciso REALIZAR. Frases clichês do tipo: "Querer é poder" e "Quem espera sempre alcança"; por si só, não bastam e nem se realizam por si só, se não estiverem muito bem acompanhadas de AÇÃO. Entonces:

- "Você quer?!!! Então, realize para que o seu desejo saia do plano da vontade , do mundo das idéias, e assuma uma realidade concreta, palpável. Hummm, você pretende esperar?!!! Até quando?!!! Por acaso, o seu desejo vai cair do céu e no seu colo por causa dos seus lindos olhos?!!! Se for assim, qual é a cor deles para eu usar uma lente de contato da mesma cor?!!! Bull shit!!!"


Há, por favor. Você acha que assumir uma postura diante da vida lhe tratá algum benefício?!!! Ou, você não acha que as grandes realizações da humanidade e as conquistas empreendedoras não se deram através da ação, do foco e da disciplina?!!! Isso vale para tudo, em todas as áreas, é da ação que se faz a realização.

Não deveríamos nem mencionar o termo "sonho", pois, ele já traz consigo o seu componente irreal e, dependendo do comportamento de quem o sonha, também o seu aspecto intangível, inconcretizável. Não se relacione como sonhos, mas, com metas, assim, até os sonhos mais impossíveis, se tratados como metas e elaborados a partir de estratégias têm mais chances de ser realizado e chegar ao sucesso do que: "O bobão sonhador, aquele que acredita em contos de fada, Papai Noel, Coelhinho da Páscoa, Saci Pererê, e sei lá qual o conto do vigário e a estorinha da Carochinha mais acreditar, que fica esperando, esperando, esperando ansiosamente pela sorte bater a sua porta, os anjos dizerem amém e assim o seu sonho se transformar em realidade".

Por acaso, você vai tirar nota 10 naquela prova final e de 2ª chamada, para piorar a situação, cuja qual você precisa tirá-la para não ficar em recuperação no final do ano se você não estudar?!!! Ou, você vai ganhar um prêmio milionário na loteria se não apostar, fazendo a sua fezinha comprando o bilhete?!!! Ou, vai namorar aquele aquele garoto ou garota que você está apaixonado e por timidez e insegurança ainda não se confessou?!!!

- "Nem preciso escrever a resposta aqui, né?!!! Mas, mesmo assim, só porquê eu sou muito foda, eu registrarei um NÃOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO (sonoro)!!!" rs...



Minha gente, acordem para vida, sonhar é ótimo quando dormimos, mas, quando estamos acordados, quem apenas sonha, paga um preço muito alto: O da desilusão. Atitude!!! Realize!!! Faça!!! Concretize!!! Erga as mangas e mãos à obra. O impossível não é o sonho que se sonha, mas a sua impossibilidade de realização, enquanto você não mudar a sua postura em relação a vida e acreditar que há algo a ser feito e fazê-lo, sem esperar comodamente.

- "Concordo, comodidade é maraaaaaaaa, mas, não leva ninguém ao passo à diante. Se você foi adiante, com certeza, o passo não foi seu e lhe levaram de reboque, como um carro velho e no prego que precisa ser rebocado."


No final, a escolha é sua. Ou você, sonha e faz acontecer. Ou, quem sabe, talvez um dia, o seu sonho aconteça, mas, porque outra pessoa se compadeceu da sua inércia e quis fazer uma caridade para te agradar. Duas possibilidades, dois prazeres completamente diferentes.

- "Quer sonhar?!!! Sonhe, é um direito seu, apenas não se queixe depois e nem brigue com Deus e mundo, porquê, no final, você não fez nada para que ele acontecesse. Tire a sua bunda grande ou bundinha de cima dessa cadeira ou da cama ou do sofá ou do chão e vá a luta".

Horário de Verão chegando!!!!



- "Turminha, aí debaixo do mapa, ajustem os seus relógios... O Horário de Verão já irá começar daqui algumas horas!!! Foda mesmo, é ajustar o relógio biológico, affeeeeew. Ainda bem, que nós aqui de cima, estamos à parte disso."

Dilma, é impressão minha ou...


... Você cansou?!!!


Quem está pleitiando o cargo máximo da Democracia, o Cargo Presidenciável, não pode cansar e desanimar no decorrer do processo eleitoral, até o seu último voto computado. Ainda mais, estando ciente de que a corrida à presidência não é fácil, quem diria o Presidente Lula, décadas tentando até concretezar a sua dupla presidência, e a campanha política brasileira é sempre muito acirrada, repleta de trocas de farpas e acusações, injúrias e calúnias, verdades e mentiras, enfim, fatos duvidosos e obscuros sempre vêm à tona e ao público, além da baixaria - faz parte.

A impressão que me dá, acompanhando as suas aparições em debates eleitorias e na mídia, é que a senhora, quase-presidenta, cansou. Talvez, você apostasse todas as suas fichas na sua eleição no primeiro turno, se fosse assim, seria muito fácil e confortável, mas, não foi. Então, não adianta chorar pelo leite derramado e vencido e vá a luta. Se você quer subir a rampa do Planalto, receber a honrosa faixa presidenciável e ficar marcada na História do Brasil como a "Primeira Mulher que chegou a Presidência Nacional", pode tratar de tirar a sua força do útero (símbolo da força feminina) e ir à luta, sem entregar os pontos. Cadê a força feminina?!!!

Até os seus eleitores estão lhe achando "cansada", literal e metaforicamente. Siga o lema do Lula e do PT: "Sem medo de ser feliz!!!"

- "Zé, traz o viagra, o açaí com guaraná e o redbull para ver se a Dilma se anima!!! Se ne assim adiantar, vixeeeeeeeeeeee, é porquê a situação está complicada mesmo, ainda mais com o Serra subindo nas pesquisas."

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Quando a "carapuça" veste, o que fazer?!!!


Simples, a vista. Why?!!! Porquê, ninguém se incomoda á toa, se não tiver culpa no cartório. E, se incomoda direta e intimamente, é porquê de fato tem. Nesses casos, nem adiantaria negar o óbvio, pois, intimamente, você já vestiu.

Seja por covardia ou sutileza, muitas vezes, fala-se em código, mensagens cifradas ou metáforas para não ser tão direto na afirmativa ou na bronca. Cá entre nós, doa a quem doer, nada como uma fala às claras, curto e grosso, de preferência,
face to face, cara a cara e sem intermediários - Pois, mediante ao "disse me disse", uma conversa nunca chega no ouvido final da forma como deveria chegar, sem deformações e adições equivocadas, quase sempre, de pura maldade e/ou incompreensão e desinformação.

- "Dando ou não motivos, verdade ou mentira, sempre há alguém para falar, apontar o dedo e condenar. Sordidamente, isso faz parte da natureza humana, cometer injustiças e julgar precipitamente, muitas vezes, desconhecendo a versão e a história de vida de cada um e fazendo uma leitura errada do fato."


Com certeza, eu já vesti algumas: Umas com motivos, outras, me vestiram sem eu nem saber do que se tratava, talvez também houveram aquelas que eu nem tomei conhecimento e, provavelmente, você também já vestiu as suas.


Claro que eu não estou dizendo aqui para você vestir todas as carapuças que lhe imputarem, mas, pelo menos, ter a hombridade e a sinceridade de vestir todas aquelas que lhe cabem e são da sua completa responsabilidade. Afinal de contas, não dá para se esconder e se omitir sempre, tem-se que dar a cara para bater em momentos cruciais, pelo menos, para demonstrar que você tem caráter e tem coragem de assumir os seus erros e as suas ações.

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Se não sabe brincar...



Nesse universo virtual e de jogos interativos, a gente se depara com cada um, com cada situação... Affew!!! Para se ter disposição de participar de jogos e games, sobretudo os coletivos/interativos, precisa estar preparado para qualquer tipo de abordagem: Até as mais inusitadas, as sem noção e as destemperadas. Há quem não tenha o menor espírito de competição e não saiba perder, levando tudo para a parte pessoal.

- "Eu sou bem competitivo, principalmente quando me subestimam e me desafiam, mas, eu sei reconhecer quando eu sou vencido, mesmo com o gostinho amargo da derrota no canto da boca. Porém, eu posso até perder uma luta, mas, perder uma batalha, jamais!!! Não me dou por vencido facilmente. Se preciso for, eu recuo e contra-ataco mais na frente. Tão estrategista... Sim, até demais e vingativo também!!!" rs...


Para pessoas assim, desse nipe - Intransigentes, encrenqueiras e com mania de perseguição, apenas digo:

- "Se você não sabe "brincar", não desce para o play!!!"

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Ser criança é...



... Achar que o mundo é feito de fantasias, sorrisos e brincadeiras;

... Comer algodão doce e se lambuzar;

... Acreditar num mundo cor de rosa, cheio de pipocas;

... Olhar e não ver o perigo;

... Sorrir e fazer sorrir;

... Chorar sem saber porque;

... Se esconder para nos preocupar;

... Pedir com os olhos;

... Derramar lágrima para nos sensibilizar.

... Isso e muito mais;

... Nos ensinar que a vida, apesar de difícil, pode tornar-se fácil com um simples sorriso;

... Nos ensinar que criança só quer carinho e afeto;

... Nos ensinar que, para sermos felizes, basta apenas olharmos para uma criança.

(Autor desconhecido)

Salve, Salve, Pequeninos!!!



Oficialmente, hoje é o dia de vocês, mas, todo dia é dia de celebrarmos as nossas crianças e de vocês aprenderem essa árdua missão que és viver, além de encantar o mundo com a sua graça infantil. A cada nova geração é uma semente de esperança que se brota, sonhando por um ser humano melhor.

Quem dera que todas as crianças pudessem aproveitar a sua infância, literalmente, o início de tudo - da formação do indivíduo de amanhã. Por isso, desejo a cada pequenino, menino e menina, que tenha a sua infância preservada, para que depois, não venhamos nos queixar que ela foi perdida e que os adultos de amanhã continuarão os mesmos de ontem e de hoje, sem atuarem como indivíduos corretos e agentes de transformação.

Ser criança é muito além de gente pequena que só sabe brincar e proporcionar "corujice" aos seus pais e parentes, mas, é um indivíduo em formação e que precisa de cuidados, atenção, proteção e muito amor. Por isso, zelem pela infância e pela integridade física de nossas crianças, pois, tudo o que a humanidade não mais precisa é de adultos neuróticas, crianças aviltadas e infâncias perdidas.

Deixem elas serem crianças, como um dia nós fomos. Não é necessário se queimar etapas, cada vivência, cada experiência, chega a sua hora, ao seu tempo. Precocedade demais é pernicioso e atenta contra a ingenuidade infantil. Não permitam e nem sejam omissos com relação a usurpação da infância dos seus filhos.

Vamos permitir que crianças sejam crianças, pois, quando essa fase passar, se for feliz e bem vivenciada, deixará saudades e aprendizagens inesquecíveis. Viva o direito de ser criança!!!

Feliz Dia das Crianças!!!

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

O caso do Dep. Federal Tiririca



Se já foi um absurdo político, os paulistas terem elegido o humorista Tiririca como Deputado Federal, sendo um dos maiores expoentes de votos dentro da Federação Brasileira para tal cargo, agora, depois dos boatos que ele seria analfabeto e falsificou a documentação necessária para se candidatar, querem impugnar a sua eleição. E o desejo do povo fica onde?!!!

- "Florentina, Florentina de Jesus, o que você acha disso?!!!"


Foi o que eu pensei. rs...

Se ele é ou não analfabeto, agora ele terá que provar em juizo que é letrado. Dizem as más línguas do Ceará, melhor dizendo de Itapipoca (Município Cearense onde o humorista nasceu), que o "palhaço - (quase) deputado" só fez até o MOBRAL, cursando até a 4ª série do ensino fundamental.

- "Mobral?!!! É o novo!!!" rs...


Teoricamente, ele saberia ler e escrever. Mas, com a qualidade do ensino público e do interior cearense, sei, lá!!! Tenho cá as minhas dúvidas. Mas, o povo nas ruas já tiram sarro da situação dizendo que o Tiririca já está estudando para fazer o ditado que o juiz irá fazer, porquê, sim, ele terá que redigir em próprio punho uma declaração, comprovando de fato que sabe escrever.

- "O que eu poderia dizer disso?!!! Mais um vexame político nacional, com certeza!!!"


Agora, o que me deixa mais atarantado, boquiaberto, apavorado, é como os eleitores paulistas tiveram a coragem e o descomprometimento político elegendo-o. Inacreditável, pois, estes mesmos, que se acham o suprasumo do país em muitos aspectos, acabaram por protagonizar tal feito eleitoral.

- "Volto a repetir: Se fosse aqui, duvido muito que ele se elegesse. Mas, o voto popular é uma caixinha de surpresas mesmo. Affewww."


Agora, se um analfabeto não pode se candidatar, também serviria a sua contrapartida, não poder votar, concorda?!!! Enfim, coisas da democracia brasileira. Mas, vamos ver o que acontece.

Piedade de nós, os pecadores




"O nosso destino é pecar,
seja em pensamentos, atos
ou omissões."

(Xico Sá)



E é bem capaz de eu me contrapor, né Xico?!!! Concordo em número, gênero e grau com essa citação em sua coluna. Segundo consta, o livro de Deus, a humanidade nasceu do pecado original. Eva, será que a maçã estava suculenta?!!!

- "Hummmmm, it's delicious!!!" rs...


Então, se somos humanos, mortais, imperfeitos e falíveis de erros e deslizes, nada mais natural e compreensível do que nós sejamos pecadores em potencial.

- "Ahhhhh, atire a primeira pedra quem nunca pecou e que não irá mais pecar enquanto estiver vivo e vivendo nesse mundo cão. Cuidado com o seu telhado de vidro, heim?!!!"


Partindo desse princípio, o desejo e o pecado andam juntos, de mãos dadas, pois, dependendo do que você deseja, pode ser que você incorra num dos 7 pecados capitais: gula, vaidade, avareza, ira, preguiça, luxúria e orgulho. Há quem personifique alguns, outros praticamente todos... Mas, sinceramente, duvido muito que exista algum habitante desse planeta que seja totalmente são, 100% virtuoso e imune de quaisquer pecados supracitados. Se tiver, me apresente, eu faço questão de conhecer!!!

Basta desejar para pecar, simples assim. Pois, o desejo seja em que nível e área for, é uma necessidade humana e o ser humano em si e por si sempre está em busca de algo mais e saciar todos os seus desejos até os mais inconfessáveis e sórdidos.

Pecado, desejo... Desejo, pecado... Dificilmente, conseguiremos dissociar essa temática da discussão sobre conduta da fidelidade. Ser ou não ser fiel, eis a questão!!!

- "Que assunto mais polêmico, Nosssssssssssssssssss SA, Senhora!!!" rs...


Acreditando ou não na fidelidade do homem (é uma questão de opinião), em qualquer questão de gênero, homens, mulheres, gays, lésbicas, trans, e também praticando-a ou não (é uma questão de convicção e índole), a grande verdade é que, numa relação a dois, todo mundo espera a fidelidade do outro, pelo menos, a princípio e até o primeiro deslize.

Todavia, separar o grupo dos amantes /dos enamorados em dois grupos: os fiéis vs os infiéis; é no mínimo retrógrado e maniqueísta/dualista, pois, basta existir o desejo e ele estar inflamado combinado à uma situação favorável para o pecado poder acontecer, no caso a traição. Nesse sentido, pecar não se limita apenas numa ação concreta.

Você pode desejar e realizá-lo. Você pode desejar e não realizá-lo. É uma opção sua, mas, a vontade esteve ali, envolvendo a sua mente, o seu corpo, o seu espírito, tentando.

- "Oh, tentação!!! Amém, Desejo... Amém!!!"


Os que traem foram corajosos para tal e ultrapassaram todas as resistências sociais e culturais que fazem da carnalidade e da infidelidade um pecado. Já os que não tiveram a coragem, mas, tiveram sim, o desejo de se entregar completamente à torpeza e ao prazer das suas vontades, a culpa e a covardia serviram para freiar os seus desejos.

Gente, não se esqueça, não é porque o ser humano pensa e tem livre arbítrio, que ele não tem os seus instintos primitivos de caçador, predador... Somos animais e sociais, por definição. Mas, vamos ser sinceros?!!!

- "Quando o desejo explode, as resistências caem, você não pensa no depois e se entrega sem peso e sem medida, mesmo que, depois, a ressaca moral seja o seu pior desadelo, o seu pior algoz".


Nunca caia no erro de afirmar: "Eu sou fiel e nunca vou trair". Hummm, sei... Até quando a oportunidade acontecer, né?!!! Você jamais saberá como será o dia de amanhã e como você se deparar quando O PECADO, aquele pecado SEN-SA-CI-O-NAL aparecer na sua frente - sim, aquele mesmo que você sempre desejou; e você se deparar com o dilema crucial: "E aí?!!!" Pode ser uma situação única.

- "Ai que rico!!!"


Peca-se porquê pensou. Peca-se porquê agiu. Peca-se porquê deixou de agir, quando deveria ter agido. E aí?!!! Vai encarar?!!! Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come. Será que em algum momento o seu desejo ou os seus desejos não devoraram você?!!!

- "Você pode até querer dizer que conseguiu fugir da tentação, não duvidaria, mas, até quando?!!!"


kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
(Nazaré)




Por isso mesmo, você quer alcançar os portões do céu?!!! Usufruir das benécies do paraiso?!!! Então, vá logo se redimindo de todos os seus pecados, se é que você conseguirá elencá-los!!! rs... Então, só me resta finalizar esse post com o meu bordão preferido:

- "Amém, Desejo... Amém!!!"

domingo, 10 de outubro de 2010

A implacável ação do tempo



- "Ôooooooooo-PA!!! De onde "você" apareceu que eu não havia te percebido antes?!!!"





Não tem jeito, faz parte da vida: Todo dia a gente vai envelhecendo e morrendo mais um pouco, só basta nascer. Nada contra amadurecer, é claro que ele tem os seus pros, mas, ainda é um grande tabu para a nossa ocidentalidade. Ainda se faz qualquer negócio e sacrifício para retardar o envelhecimento e encontrar o elexir da juventude.

Se existe eu não sei, mas, com o passar dos tempos e a modernidade científica, a medicina reparadora e estética está conseguindo milagres, não apenas melhorando a qualidade de vida e saúde e dilatando a perspectiva de vida. Mas, mesmo assim, só dá para atenuar alguns traços de expressões e flacidez cultânea. Não tem para onde correr, quem conseguir ultrapassar a linha média da vida, vai envelhecer.

- Ter 50 anos hoje, não é mais ter 50 anos na idade dos nossos pais-avós, a aparência estética mudou significativamente. Amém, Desejo... Amém!!!"


Mas, quando se passa dos 30, ai, ai, ai, ai mesmo que a ficha começa a cair: Balzacs, nós estamos caminhando para a maturidade sim, se não na mentalidade (é fato, homens demoram para amadurecer afetivamente), com certeza, fisicamente já estamos lá e mostrando sinais públicos e notórios.

Se não bastasse alguns pezinhos de galinha já começando a aparecer, a pele já começa a não é mais ser tão viçosa e lisinha, o surgimento das primeiras dores nas articulações e a presença dos fios brancos (que não deveriam aparecer tão cedo e, muito menos, estarem aonde estão e, as vezes, em lugares impróprios), a resistência física muda, refletindo o nosso metabolismo mais lento, como também, a redução da nossa resistência às farras e à bebida. Todo aquele gaz, garra, disposição e despreocupação quando tínhamos 20 e poucos anos vai diminuindo, sumindo, se apagando... Claro, que a jovialidade depende de indivíduo para indivíduo, pois, tem muito a ver com a nossa cabeça, com o que pensamos.

- "O surgimento da barriguinha e das formas mais arredondadas como pneuzinho lateral... ai, ai, ai... vamos pular essa parte. Só muita dieta, malhação e esporte para transformar essa realidade."


E aí?!!! Como abrir mão do choppinho do final de semana?!!! Do prazer da mesa farta?!!! Como driblar a preguiça e o sedentarismo e não se entregar à vontade de evitar a fadiga a todo custo, de preferência, espalhado no sofá, sem hora e sem preocupação, ou tomando água de coco geladinha (vivenciando na prática a cena "sombra e água fresca") ou fazendo a sesta da tarde?!!!

Éh, meus bons, ninguém atravessa a linha da vida e do tempo impunimente ou consegue evitar por muito tempo o amadurecer físico e psicológico. Talvez, se deparar com a transformação fisíca seja o pior impacto, principalmente quando a imagem não condiz com o espirito. Sem mencionar que os reflexos corporais estão mais lentos, os lapsos de memória, ...

- "Ai, ai, ai... parou!!!"


Não vamos mais elencar a decrepitude física, mas, exaltar o momento em que estamos mais seguros de nós mesmos, de quem somos, o que queremos. Acredito que o ganho maior seja auto-confiança e o amadurecimento emocional. Pelo menos, eu escuto as seguintes frases feitas: "A vida começa depois dos 40", "Ah, se eu tivesse a experiência de hoje quando eu tinha 20 e poucos anos", "sim, eu estou mais maduro(a) e decidido(a)", ... Será mesmo?!!! Sem pressa, quando eu chegar lá, eu descubro.

- "Embora, o maior de todos os pros ainda é a experiência adquirida no decorrer da longa estrada."


Quem foi emocionalmente frágil e inseguro aos 15, depois aos 20 e poucos, continua aos 35, dificilmente chegará muito diferente aos 40, há não ser, que a vida tenha dado uma baita lição. Hábitos comportamentais e afetivos nos acompanham por uma vida toda.

Enfim, não dá para fugir dessa certeza da vida, apenas aceitá-la com equilibrio e amaducer com qualidade de vida, saúde física e emocional. Essa transformação física não é exclusivista ou restritiva, muito pelo contrário, é totalmente democrática, chegando para todos, aceitando ou não, debatendo-se ou não. Dribla-se, mas ninguém consegue escapar da implacável ação do tempo.

"As lágrimas não reparam os erros!!!"

The Verve - Bitter Sweet Symphony (with lyrics)

♫ Pitty - Na sua estante

"Eu não ficaria bem na sua estante..."