sexta-feira, 31 de julho de 2009

Oops, I'm sorry, but...


... Nem sempre nessa vida a gente leva o grande prêmio!!!



..."Não espere eu ir embora pra perceber
Que você me adora
Que me acha foda!!!...



- No meio do furacão nem sempre a percepção é clara, mas, só os grandes sentimentos, quando são verdadeiros, se revelam no silêncio, na distância... Fazer o que né?!!! Eu te amo, simples assim: sem culpa, sem dor, sem sofrimento... Talvez por isso resista até hoje...

- É foda, Dan!!! Eu não sei o que dizer.

- Não diga nada, apenas sinta: É o que eu sinto por vc!!!

- Tb amo vc, Dan...

Aviso prévio à solteirice


- "Nego, como assim?!!!"

Exatamente, my people!!! Hoje de madrugada, uma "letrinha" forasteira cometeu a seguinte ousadia: "Ei, moço!!! Saibas que você está de aviso prévio. Você só tem mais 1 mês de solteirice, aproveite!!! Quando eu chegar em Fortaleza, acabou essa liberdade toda!!!"

- "Ui!!! Eu posso com isso?!!! Esse povo adora inventar uma moda nova..."


Tantas coisas envolvem para eu abrir mão da minha solteirice, uma delas é encontrar uma persona que me inspire essa vontade de aderir o "aviso prévio da solteirice", mas, vamos ver o que acontece comigo num período de 1 mês: "É claro que eu não preciso estar de aviso prévio para aprovetar a minha solteirice com tudo que eu tenho direito, né?!!!"

- "Owwww, idéia!!! Vixe!!!"

TOP FIVE: As aventuras das férias!!!



Essas férias do mês de julho foram repletas de aventuras, algumas muito engraçadas, outras até bizarras... Foram shows (Maria Rita, Lorena Simpson, Titãs & Paralamas, Timbalada), festas (tributos, comemorações de aniversário), Fortal, reuniões na casa de amigos e "nights", enfim muitas histórias para contar. Nesse sentido, as 5 aventuras mais relevantes foram:



5 º Lugar

(Categoria: Ah, se arrependimento matasse)


Existem momentos que devemos abrir mão dos nossos desejos para não sermos traídos por eles, pois, a nossa intuição é sábia. Só precisamos prestar mais atenção à elas. Tudo bem que o cinema foi bacaninha, mas, no tulmutuo de tantas briguinhas tolas e uma personalidade "star", o melhor teria sido não ter dado trela a quem não merecia. No entanto, eu não posso dizer que eu não me diverti, mas, eu não deveria ter adulado de forma alguma - Que isso sirva de lição!!!



4° Lugar

(Categoria: Nem por caridade cristã)


Fazer cortesia com o chapéu alheia, nunca foi o meu estilo, muito menos fazer caridade afetiva. Voltar pra você?!!! De maneira nenhuma, eu tenho é nojo!!! Eu acho que naquela época eu estava completamente dopado ou privado dos meus sentidos. Porque hoje, fala sério, é um desbaltério que não tem limite. É o tipo de equívoco que está terminantemente proibido de voltar a acontecer.

Quer dizer que eu te trato mal é?!!! E eu com isso?!!! Morra!!! rs...



3° Lugar

(Categoria: Safari)


O fato é que esse safari rendeu boas risadas e acontecimentos também. Seja pela disputa entre colegas de baladas ou fugas pela tangente ou socializando com as figuras da "night"... Não é uma baladinha de todo o mal.

- "Dan, eu já estou chegando... Aonde você está?!!!"

- "Aonde eu estou?!!! Na balada!!!" rs...


(Tão sem vergonha, eu estou, né?!!! Mas, eu não tenho compromisso com ninguém neste momento, por isso, eu não tenho prurido algum de ser sincero.)



2° Lugar

(Categoria: Atentado violento ao pudor)


Aff, ser atacado por cafuçus na fila do banheiro químico no show do Titãs e do Paralamas ninguém merece. No mínimo, GROTESCO. Ainda bem que os meus amigos me salvaram desse atentado violento ao pudor, quase que um estupro, e a minha memória não guardou esse fleche - assim eu não corro o risco de ficar traumatizado!!! Mas, os tórridos beijos com a Tatá, eu me lembro muito bem... rs...


1° Lugar

(Categoria: Abdução)


Algumas engraçadas, outras nem tanto... Algumas surpreendentes, outras previsíveis... Mas, o importante é que foram curtidas e, acho até, que foram bem curtidas. Agora, quem está na chuva, com certeza, está para se molhar. Ainda bem que eu não cometi nenhuma insanidade que me custasse ressaca moral no dia seguinte.

Na verdade, é o que todos buscam...


UM AMOR VERDADEIRO, CORRESPONDIDO!!!


Eu não quero mais um caso por acaso
Eu não quero mais viver uma ilusão
Quero um amor de verdade
A minha cara metade
Quero alguém pra me acordar
E me chamar de meu amor

Eu não quero uma paixão sem compromisso
Eu não quero ter alguém só por prazer
Quero alguém para estar ao meu lado
De aliança e papel passado
Quero alguém pra me acordar
E me chamar de meu amor
Quero um amor!!

Quero alguém pra me abraçar
E andar comigo por aí
Alguém pra me fazer sorrir
Que faça dos seus braços meu abrigo
Quero alguém para acabar com este vazio que me consome
Pra dar ao meu amor meu sobrenome
Quero alguém pra se casar comigo

(César Menotti & Fabiano - Caso por Acaso)

quinta-feira, 30 de julho de 2009

Galinha, eu?!!!


Que nada, eu estou apenas testando possibilidades... Quando eu encontrar uma persona que esteja na mesma sintonia que eu, comungando com os seus objetivos e afinidades, eu aquieto o meu faxo e as minhas experimentações. Até lá, eu vou praticando o meu esporte preferido e tentando acertar.

- "Não me reprimam, lembrem-se, eu estou solteiro!!! Livre, leve e solto... Na pista, literalmente!!!"

Como assim?!!!


- Owww, nego!!! O que aconteceu entre você e "G"?!!!

- Não fomos a praia hoje, porquê um ficou esperando pela atitude do outro.

- Putz!!!

- Dois tapados!!!

- Um erro clássico de insegurança e falta de comunicação... Tanto você quanto a sua letrinha ficaram pensando bobagem...

- Com certeza. Eu digo é valhaaaaaaaaaaaa!!! Aff...

Teiado


Preso na minha própria teia...

Rastros, pegadas, marcas...


Deixadas em mim!!!

Fodasticamente, adorável!!!


"Não importa se eu não sou o que você quer, (pois)
Não é minha culpa a sua projeção.
(Eu) Aceito a apatia, se vier,
Mas não desonre o meu nome!!!"

Talvez


Talvez, eu precise de uma vida inteira para aprender a lidar com as minhas próprias frustrações a partir de uma certa naturalidade;

Talvez, é necessário aceitar a possibilidade de que determinados sonhos, desejos e projetos não são possíveis para o meu uso fruto;

Talvez, por mais doloroso que seja, lidar com a rejeição dos outros faz parte da arte de se relacionar;

Talvez, eu seja considerado um "cara maravilhoso" para ser amigo e não namorado;

Talvez, eu nem seja tão maravilhoso assim;

Talvez, eu não tenha nenhum dom para jogar essa partida;

Talvez, a engrenagem que move o mundo esteja enferrujada e impeça que essa peça gire de forma constante, linear e justa ao meu favor;

Talvez, eu esteja vivendo o meu momento de enxergar a realidade sem fantasias e provar do seu fel;

Talvez, eu esteja cansado demais para ter a postura crédula, ingênua e otimista dos apaixonados;

Talvez, eu ainda não alcancei o estágio de merecimento;

Talvez, eu esteja sendo exigente e crítico demais comigo mesmo;

Talvez, eu esteja querendo me enxergar sobre a perspectiva padrão;

Talvez, os meus pés estejam acimentados no chão, de uma tal forma, que nem em devaneios eu tenho asas para voar;

Talvez, eu esteja cético demais para acreditar no amor, apesar, de querê-lo;

Talvez, eu não me sinta representado e confortável pelo contexto que está posto;

Talvez, eu esteja perdido e aprisionado em mim mesmo;

Talvez, tanta euforia e diversão seja uma forma de neutralizar a minha gota de infelicidade;

Talvez, hoje, eu não tenha mais lágrimas para desperdiçar;

Talvez, a minha companhia e a minha solidão, seja a minha redenção, o meu bote salva-vidas;

Talvez, a minha compreensão traga como prêmio fleches de insanidade;

Talvez, eu esteja nu, exposto, sem a minha armadura e a minha lança para me proteger contra o meu momento de fragilidade;

Talvez, a vida seja a minha madrasta;

Talvez, eu esteja no mais profundo estágio colérico;

Talvez, eu não sei o que eu estou falando, pensando e sentindo;

Talvez, eu esteja querendo me autopenitenciar;

Talvez, momentos de estremecimentos repercurtam no amadurecimento à fogo e ferro;

Talvez, a melhor forma de estar bem comigo mesmo, não me sentindo tão minimizado como agora, é não estar atento para a afetividade;

Talvez, a minha lenda pessoal não seja contada e voltada para essa existência;

Talvez, eu esteja sentindo essa sensação de falta de sentido por conta dos erros e das precipitações que eu os cometi;

Talvez, o meu universo, planeta e constelação não seja este;

Talvez, eu seja o reflexo do descompasso do tempo;

Talvez, Deus esteja ocupado demais para olhar para mim;

Talvez, seja isso e mais alguma coisa que você agregue;

Talvez, eu me encontre no limbo;

Talvez, eu seja a personificação do caos;

Talvez, eu esteja precisando exorcizar todos os meus pothergheits;

Talvez, a minha chama esteja apagada;

Talvez, o meu copo esteja seco;

Talvez a minha porta esteja fechada;

Talvez, ...

quarta-feira, 29 de julho de 2009

Essa tal carência...


EU QUERO COLO!!!

Uma grande miragem


- "Oh, nego!!! Quantas coisas você já foi capaz de fazer para encontrar a sua lenda pessoal, né?!!!

- "Owwww... E como!!!"

- "Valeu a pena?!!!"

- "No momento, sim. Como experiência afetiva para o curriculo, sim. Mas, a alma fica pequenininha a cada sopro em vão dado."

- "Em vão?!!! Como assim?!!!"

- "O objetivo final nunca foi alcançado em sua integralidade. O sabor que fica sempre é o que ainda estar por vir..."

- "Uma busca constante, né?!!!"

- "CONSTANTE, INCESSANTE e IMPACTANTE."

- "Mas, isso também faz parte da vida."

- "Faz. Mas, viver numa constante busca (Até aqui, praticamente eterna), é padecer buscando o paraíso - que se revela cada vez mais como uma miragem do que um oásis."

- "Miragem ou Oásis?!!!"

- "Tudo não passou de uma grande miragem de um coração solitário."

Harry Potter e o enigma do principe




Parece brincadeira, mas, o encontro saiu... Eu e "G" fomos hoje assistir o filme do Harry Potter no cinema, com direito à mão na mão, para aquecer do frio, braço roçando no braço, pernas entrelaçadas, abração, e (amasso no cinema é tão bom!!!)...

... Talvez amanhã, iremos à praia... Mas, pode não rolar, não faço a mínima idéia do desfecho desse encontro...

Mas, voltando ao assunto do filme, o ponto alto é a morte do Professor Dumbledore.

Me adora by Pitty





Tantas decepções eu já vivi
Aquela foi de longe a mais cruel
Um silêncio profundo e declarei:
"Só não desonre o meu nome"

Você que nem me ouve até o fim
Injustamente julga por prazer
Cuidado quando for falar de mim
E não desonre o meu nome


Será que eu já posso enlouquecer?
Ou devo apenas sorrir?
Não sei mais o que eu tenho que fazer
Pra você admitir

Que você me adora
Que me acha foda
Não espere eu ir embora pra perceber
Que você me adora
Que me acha foda
Não espere eu ir embora pra perceber


Perceba que não tem como saber
São só os seus palpites na sua mão
Sou mais do que o seu olho pode ver
Então não desonre o meu nome


Não importa se eu não sou o que você quer
Não é minha culpa a sua projeção
Aceito a apatia, se vier
Mas não desonre o meu nome

Será que eu já posso enlouquecer?
Ou devo apenas sorrir?
Não sei mais o que eu tenho que fazer
Pra você admitir

Que você me adora
Que me acha foda
Não espere eu ir embora pra perceber
Que você me adora
Que me acha foda
Não espere eu ir embora pra perceber

terça-feira, 28 de julho de 2009

E por falar em "batalha naval"...



As coisas entre nós são marcadas por situações complexas (Não é que a peste me viu domingo, mas eu não notei a sua presença no recinto... Dei uma desculpa esdrúxula, mentirinha básica mesmo: Era o meu sócia!!! rs...), pois, eu acho que os torpedos fazem parte da nossa relação, já cometi outra mancada (eu não acho, embora, na outra perspectiva, me sugira isso) - algo contornado.

Se não rolar a nossa programação, uma vez que nós dois estamos correndo o risco constante de "babar" (sucumbir, não se realizar) mediante aos impasses e os "fights", tudo indica que a virtualidade não será transposta e, o pior, estando na mesma cidade. O cúmulo, né?!!!

Mas, eu já tenho a minha cartinha coringa!!!


kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
(Nazaré)



- "Quem é?!!! Eu não conto nem sob tortura..." rs...

Coração mole?!!! Eu?!!!


Valhaaaaaaaaa, depois de velho, eu comecei a ficar com o coração mole, é?!!! Porquê, novamente, eu estou acolhendo no meu universo algumas "ex-letrinhas", apenas como amigas. rs...


- "Nossssss sa, como o senhor está tão caridoso, tão sentimental!!!"

- "Só pode!!! Aonde eu aperto o botão da implacabilidade mesmo?!!!" rs...

Sessão XXII: Basicamente, uma batalha naval


Eu e a minha terapeuta conversamos sobre o episódio dessa madrugada, a minha discussão com "G" em relação ao meu "sonho de consumo" que eu avistei no Fortal, na sexta no show da Timbalada e no sábado no bloco do Chiclete com Banana. Tudo bem, que eu não tive tato ao comentar (empolgadamente) sobre o ocorrido, logo após que eu fiz o convite para saírmos nesse próximo sábado, mas, vocês querem que eu faça o que?!!! Eu comentei sem maldade nenhuma, até mesmo porquê, entre eu e "G" só existe uma paquera interrompida (a gente não consegue transpor as brigas). Mas, cá entre nós, o meu "sonho de consumo" era um colírio tudo de bom mesmo, né "Jisuis"?!!! rs...

Mas, eu achei um destempero desnecessário, afinal de contas nós não temos nada além de amizade. Não é mesmo?!!! E o fato de desejar outras pessoas, não quer dizer que o meu convite para sairmos e a vontade de conhecer essa "letrinha" chatinha não seja sincero. Mas, o lance é complicado!!!

- "Nosssssssss sa, é incrível como toda conversa que nós temos (Eu e "G") acaba em "fight". Um simples comentário, sempre é deturpado ou não compreendido. Vá a merda, puta que pariu. Eu não tenho paciência para essas coisas não, não tenho mesmo".


Esses estresses desnecessários são tão massantes, que sinceramente, dá vontade de mandar pra aquele canto e provavelmente não haja mais encontro mesmo. Problema?!!! Que nada, vou a caça lindoooooooooooo no sábado, sem problema algum... rs...

Agora os motivos de tantos torpedos que fazem nalfragar os nossos navios, tal e qual um jogo de batalha naval, eu não sei... mas, é uma deixa para se investigar na próxima sessão: "Quais são os torpedos que fazem naufragar os meus navios?!!!"

- "Será que eu não quero me comprometer?!!! Uma possibilidade, né?!!!"

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Reflexão da Semana


O mundo tem muitas janelas.
A nossa é só mais uma.

A Ilha, o filme


Galera, uma boa dica de filme: A Ilha. Eu assisti neste domingo, para descansar o corpo e a mente, pós-fds intenso!!! Trata-se literalmente do comércio da vida humana, sem compromisso ético e moral, para o acesso de poucos, claro - Questão de uma pequena bagatela de U$ 5 milhões de dólares. Sem mencionar, que existem homens que se acham DEUS - decidindo quando e como uma vida tem que nascer e morrer.

O filme é muito interessante, vale a pena!!!

Vai buscar Dalila... Eu fui, Lindo!!!



Ivete Sangalo - Cadê Dalila

Vai buscar Dalila...
Vai buscar Dalila, ligeiro
Vai buscar Dalila...
Vai buscar Dalila, ligeiro

Ligeiro, ligeiro, ligeiro....
...Hem hem hem hem oooooo
Hem hem hem hem oooooo

Eu vi (vai levando)
Esse povo é vip (vai levando)
Ninguém é triste (vai levando)
O futuro existe (vai levando)
Eu vi (vai levando)
O trio não para, Dodô (vai levando)
Batuqueiro não para, Dodô (vai levando)
O amor não para

Hem hem hem hem oooooo, eu vou
Hem hem hem hem oooooo, eu voôôou
Hem hem hem hem oooooo, eu vou
Hem hem hem hem oooooo

Mas eu vi (vai levando)
Ta tudo preparado (vai levando)
Pra chegar lá em cima (vai levando)
Quem quiser vem comigo (vai levando)
Eu vi (vai levando)
Motorista não para (vai levando)
Operário não para (vai levando)
A cidade não para

Hem hem hem hem oooooo, eu vou
Hem hem hem hem oooooo, eu voôôou
Hem hem hem hem oooooo, eu vou
Hem hem hem hem oooooo

Lá vai, lá vai, lá vai,
Lá vai o trio e o povo
Levanta coração, sujeito carinhoso (2x)

Vai buscar Dalila... vai buscar Dalila ligeiro
Vai buscar Dalila... vai buscar Dalila ligeiro

Hem hem hem hem oooooo, eu vou
Hem hem hem hem oooooo, eu disse eu voôôou
Hem hem hem hem oooooo, eu vou
Hem hem hem hem oooooo

Cadê Dalila?

Vai buscar Dalila... vai buscar Dalila ligeiro
Vai buscar Dalila... vai buscar Dalila ligeiro

Fortal 2009, Eu fui...


Simplesmente, o Fortal 2009 foi o bicho!!! Adooorei, simples assim. Falando sobre os aspectos em geral sobre o evento, eu posso dizer que a Cidade do Fortal, realmente tem uma estrutura incrível, condiz com o porte do evento, mas, falível de erros: Eu vi confusão no meio da galera, questões voltadas a ciúme de ex-namorado com a ex, a "Elza" estava presente, mas, em eventos populares isso faz parte do show... MAS,

- "Nossssssssssssssssss sa, e que mas, viu?!!! Jisuissssssss me abana, me ama, me chocoteia... Ai, ai, ai..."


Como tinha gente bonita... Eu nunca tinha visto a cidade tão repleta de gente bonita, transada, descolada... Muitos colírios!!! Os meus olhos foram literalmente lavados!!! Quanto as abduções, houveram tentativas, porém, eu assustado disse não e, cá entre nós, não valia nem a pena tal abdução - só me traria ressaca moral no dia seguinte!!! rs... Sem falar da comédia, naturalmente.

Mas, é claro que valeu a pena... O FORTAL FOI O BICHO!!!


Vamos ao Day by Day:


Sexta-Feira - 24/07


Eu e os meninos (2) fomos para a Arena Vip, simplesmente foi perfeito. O show da Timbalada foi maravilhoso (não seria diferente) e a tenda eletrônica tava tudo de bom - A minha cara, me senti em casa... Me joguei na pista, dancei horrores... Paqueras leves, bem leves...

- "Perfect!!!"



Sábado - 25/07


O Clube dos 5 se reuniu e fomos pipocar juntos... Apesar de todo o estresse, eu e o Rodrigo nos divertimos horrores!!! Realmente, nos divertimos demais, dançamos pencas, seguimos os blocos, nos acabamos com o Chiclete, Jamil e Ivete (Sobretudo com ela), enquanto os outros faziam cara de "cu". Nem confiança pra eles, mas nem o clima sinistro deles abalavam o meu pique. Eu queria era curtir, extravazar... rs...

- "Apesar desses pequenos detalhes, nada nos deteu!!! Principalmente, quando eu comecei a puxar a massa, exigindo: "Dalila!!! Dalila!!! Dalila!!!" E Ivete nos atendeu, radiante com o barrigão no mundo, dizendo: Vocês querem Dalila?!!! Foi barbaro!!!"

sexta-feira, 24 de julho de 2009

Hoje tem TIMBALADA!!!



Hoje tem TIMBALADA na Arena Vip do Fortal. Será que eu vou?!!! Vai, vai, vai... rs... Vamos ver como vai se desenrolar para logo mais, caso eu não vá, euzinho, já tenho destino certo. Destino certo, é?!!!

- "SEGREDO, conto não!!!" rs...




<+>*** (((#))) *** (((#))) *** (((#))) *** (((#))) *** (((#))) ***<+>
*************************************************************** <+>********TIM********************LA**********************<+> **********************BA**********************DA*************
<+>**********************************************************<+>

O cúmulo do não-romantismo


Eu estava blogando no "Colina do Dragão", quando eu avistei a seguinte frase de um colega de MSN: "Amor à primeira vista?!!! Se eu acredito?!!! Eu não acredito nem em amor quanto mais em amor à primeira vista!!!"

Agora eu pergunto, apavorado:

- "Será que o colega está desiludido?!!!" rs...


- "Eu heim!!! Aparece cada figura nesse mundo de meu Deus... Ai, ai, ai... Os sofregos de hoje são os suspirosos de amanhã!!! Total broken heart!!!"

Yoshi, cuidado!!!



- "Yoshi, meu amigo, cuidado!!! Sobrou até para você: Querem te abduzir!!! Owww povo doido!!!" rs...

quinta-feira, 23 de julho de 2009

Xiiiii, Estão querendo me...


ABDUZIR!!! rs...
(Metaforicamente, claro!!!)

Crise dupla no mercado masculino


Tudo indica que está faltando homem no mercado, duplamente, quer ver?!!!

Eu estava conversando com um amigo meu do RJ, amigo este que é um barato e do "babado", "babado fortíssimo", diga-se de passagem. Ele estava reclamando que a mulherada carioca está atacando os gays, querendo ficar e convertê-los à heteros, talvez, quem sabe. Mas, isso não é apenas um fenômeno das cariocas, porque as paulistanas e as cearenses também estão usando dessa mesma tática - no mínimo, desesperada, vocês não acham?!!!

Se para os gays já está complicado arranjar namorado, para ter e manter um relacionamento estável e duradouro, imagine para a mulherada - as primeiras a cantarem a bola de que o mercado masculino estava em crise. Tudo indica que o mercado masculino está mesmo em baixa, se existe poucos homens heteros disponíveis (partindo do pressuposto que parte deles já estão casados e comprometidos), agora elas estão se transformando em "Marias Purpurinas" ou fazendo qualquer negócio (Eu evito até de pensar quais negócios são esses, are baba!!!).

- "Jisuissss, apaga a luz!!!"


Conversa, no mínimo, reveladora:

- É amigo, a coisa tá preta!!! rsrsrsrs

- Como assim?!!!

- Elas estão loucas. Como está faltando homem no mercado para elas, nos finais de semana elas caem matando.

- Aqui também está acontecendo a mesma coisa.

- Se aqui está assim, imagine aí, que é bem menor do que aqui?!!!

- Xi, amigo!!! A situação realmente está precária!!!

- Olha, está faltando homens até pra gente. Imagine para elas...

- Mas, amigo, a situação está complicada para todo mundo... Heteros, gays, bis...

- Pois é, o problema é que para nós ninguem quer nada sério e para elas nem para cama tem.

- Aff... pensando assim...

- Nós ainda estamos com alguma vantagem...

- Sem duvida!!!

- Pelo menos para cama ainda temos... rsrsrsrs


- "Galera, embora esteja faltando homem no mercado para as mulheres e agora para os gays (um dado novo, que eu ainda não havia escutado), quem sabe, se vocês observarem bem, escolherem menos, vocês não encontram um homem para chamarem de seus?!!!" rs...



Oopsss: Que camisa é essa?!!! A complexidade da questão não é tão minimalista assim, né?!!! Ou será?!!! "Mon Die"!!!

Como não ficar com o ego inflado?!!!


- Dan, você é muito especial sabia?

- Às vezes, eu duvido disso...

- Você é inteligente... sábio... não que eu esteja te qualificando como o homem perfeito... Nós, seres humanos, estamos longe disso... Mas eu sei que existem pessoas que buscam o caráter, a honestidade, enfim constroem seus valores morais da forma mais ética possível. E eu sei que você é uma pessoa que se encaixa nesse perfil. Pelo pouco que eu conheço eu percebi isso em você: Não dá muito valor beleza exterior, diferente de todos os outros que eu já conheci. Amei ter te conhecido!!! E muito obrigado por fazer parte da minha vida!!!!!!!

- Assim você deixa o meu ego inflado!!! Muito obrigado por essas lindas palavras...

- Eu admiro muito a sua sabedoria... Essa inspiração toda veio dela!!!

+ 1 Fortal em nossas vidas...


Pois, é micareteiros de plantão o Fortal chegou!!! Começa hoje, dia 23, e vai até o dia 26, repleto de swing baiano (Ivete, Asa de Água, Chiclete com Banana, Banda Eva, Timbalada, dentre outros) e forró elétrico (Aviões do Forró), galera jovem e solteira afim de "se doar" de todo os cantos do Brasil e de outros países também e muita alegria e azaração, lá na Cidade do Fortal.

O Fortal está completando nesta edição (2009) 18 anos. Quem diria que estaria completando a sua maior idade, né?!!! Particularmente, eu não sei como esse evento conseguiu durar tanto tempo, mas, abafa o caso!!! rs...

Mas, esse ano, por muita insistência dos meus amigos, eu resolvi ceder e vou participar do Fortal, mas, apenas no sábado, para "vai buscar Dalila" com a Ivete!!! rs... Eitaaaaaaaaa, eu vou relembrar o tempo que eu brincava horrores, quando o Fortal ainda era na Av. Beira Mar - Cá entre nós, era o melhor lugar para acontecer tal evento.

Vamos ver o que rola, como a parada se desenvolve, já que essa é a primeira vez que eu vou brincar na Cidade do Fortal e eu tenho a impressão que vai ser o bicho!!! Mas, é claro que eu vou contar para vocês com riqueza de detalhes o que acontecerá comigo no sábado: "I promise you!!!"

ATENÇÃO: Questão de Saúde Pública

Infinita Highway...


Hoje eu acordei com essa canção dos Engenheiros do Hawaii na minha cabeça... Me fez completo sentido!!!


..."Eu vejo um horizonte trêmulo
Eu tenho os olhos úmidos
Eu posso estar completamente enganado
Eu posso estar correndo pro lado errado
Mas "a dúvida é o preço da pureza"
É inútil ter certeza
Eu vejo as placas dizendo
"não corra, não morra, não fume"
Eu vejo as placas cortando o horizonte
Elas parecem facas de dois gumes..."

(Infinita Highway)

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Inalcanzable, tan distante...


..."Inalcanzable como estrella, tan distante
Un amor casi imposible
Invisible como el aire
Eres tan inalcanzable, tan sublime como un ángel
Un amor casi imposible
Como fuego que no arde
Te me as vuelto inalcanzable...inalcanzable..."

(RBD - Inalcanzable)

Tem dias que...


...O desejo fala mais alto e eu me perco em mim mesmo!!!

Não é saindo dos trilhos que...


... A nossa locomotiva irá chegar ao seu destino final... Mesmo enfrentando atrasos e contratempos, ela há de chegar. No entanto, ao chegar, isso não implica dizer, com garantias, que haverá alguém a nossa espera. E, se tiver, pode ser que esse alguém não seja tal e qual os esboços que você e/ou eu pintamos um dia e fizemos questão de emoldurá-los.

... Eu irei me encontrar... É muito provável que eu me distancie daquilo que eu quero e me faz tão bem. Do mesmo jeito, será assim com você.

Pense nisto!!!

terça-feira, 21 de julho de 2009

Sessão XXI: Buscando você?!!!


Partindo da deixa da última sessão, eu parei para analisar as sugestões que a minha terapeuta me fez. Chegamos a seguinte conclusão (aliás, eu conclui e ela apenas acatou):

1. Se eu estava buscando nas outras pessoas o que nós vivemos ou as suas particularidades, eu acredito que não. Claro que eu não irei negar as suas qualidades e a sua importância na minha vida, mas,... Eu não faço comparações entre as personas e, muito menos, eu estabeleço critérios a partir disso.

Mas, a partir de "R", eu quebrei o estigma da grande diferença de idade e do corpo perfeito. Dando muito mais valor o que realmente importa: "A essência!!!"

Se em algum momento, eu faço projeções, com certeza, dizem respeito a mim mesmo... as minhas questões, os meus critérios, os meus devaneios, as minhas subjetividades... Coisas do meu ego ("Reizinho"). Falando nele, ai que saudades dele, ele nunca mais se manifestou... rs...

2. Sobre o sonho, ele não se constitui como uma recaída, nem a descoberta de uma paixão antiga, mas, como um ponto factual que representa: Essa história já passou, já pode seguir em paz. Toda a fantasia que a minha subjetividade criou para manter o vínculo, baseado no abstrato, no "se".

O sonho indica um dado de realidade, a superação desse divisor de águas. Abstrações por si só não são concretas e não me representam. Mesmo sabendo, que bons momentos vividos, devem ser guardados para recordarmos com satisfação, embora não implique ser um "remember".


Também conversamos sobre a questão do medo de me comprometer. Não se trata de ter medo de me relacionar, mas, ter que abrir mão de alguns prazeres que eu não estou disposto a abrir mão completamente, muito menos, viver "enclausurado" (fenômeno da renuncia) e perder a minha individualidade. Como diria a minha terapeuta: "Construir um relacionamento é fazer acordos. Assumir um compromisso com a outra parte".

O difícil é conciliar interesses divergentes...

Homenagem aos endividados... rs...


Você esqueceu. Mas, os credores NÃO!!! Aquela dívida...


Não vem que não tem O Rappa e Ultramen
Banda de verdade não tem pra ninguém

Um homem com palavra é um homem da verdade
É requisito básico pra personalidade
Não importa a idade a cidade ou a nação
Respeito é herança da civilização

A taxa é zero o juro é alto vamos conversar
Ressarcimento pagamento vamos negociar (2x)
Aquela dívida de uns anos atrás está bem viva
Você não lembra mais (x2)


Não é só na Santana, Leopoldina ou Parthenon
A honra é coisa muito séria em qualquer região
Aquele safado me deve deve pro Falcão também
E ainda por cima de tudo acha que tá tudo bem

A taxa é zero o juro é alto vamos conversar
Ressarcimento pagamento vamos negociar (x2)
Aquela dívida de uns anos atrás está bem viva
Você não lembra mais (x2)


Não vem que não tem O Rappa e Ultramen
Oh! Oh! Oh! Oh!

A sua justificativa é o ensino escolar
Não aprendeu a dividir só quer multiplicar
Amigo chega de conversa já estou passando mal
Resolveremos esse cálculo no distrito policial

A taxa é zero o juro é alto vamos conversar
Ressarcimento pagamento vamos negociar (x2)

Aquela dívida de uns anos atrás está bem viva
Você não lembra mais!
Aquela dívida de uns anos atrás está bem viva
Atrás está bem viva!
Você não lembra mais!
Aquela dívida de uns anos atrás está bem viva
Você não lembra mais!
Aquela dívida
dívida, dívida
de uns anos atrás está bem viva
seu safado você não lembra mais!


Salve, Salve Salve Ultramen!
Salve Falcão!

(Rappa & Ultramen - Dívida)

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Vida de Solteiro é...


Vida de Solteiro, não se esqueçam!!!


Eu já passei por muitas fases de solteirice: "Algumas, eu aproveitei levemente; outras, eu precisa exorcizar fantasmas do passado; algumas eu precisava ficar sozinho, outras, eu precisava me jogar no mundo; algumas, me causaram grandes reflexões, outras, me deixaram completamente atormentado". Diferentemente dos meus outros momentos, essa minha fase atual está bem intensa, onde algumas situações inusitadas estão acontecendo, fluindo num outro ritmo que eu nunca havia sentido. Talvez porquê eu esteja mais ousado e mais dono de mim mesmo.

- "Sem dúvida alguma, dessa vez, eu estou muito bem comigo mesmo, com a minha auto-estima em cima, vivenciando experiências bem diferentes, sem pressa, sem ansiedade - realmente, eu estou curtindo o momento sem culpa e sem ressacas morais. E o principal: Divertindo-me pencas!!!" rs...


Os meus amigos mais íntimos e que conhecem de fato a minha índole e a minha trajetória, sabem o quanto eu sempre fui um rapaz contido, reservado e ajuizado (até demais de acordo com o crivo deles), muito por causa da minha racionalidade e timidez - posta em dúvida por quem não me conhece de fato (Isso, nem me causa mais nenhum tipo de preocupação.). O fato é: "Quando estamos mais amadurecidos, vamos nos tornando mais cara de pau ou mais consciente até onde podemos ir. Arrisca-se mais e, por tabela, as situações se tornam mais evidentes".

Desde quando eu saí da minha clausura introspectiva e me joguei na "night", na pista e retomei a a minha essência de baladas (adoooro tudo isso, me faz um grande bem, além de me senntir vivo) e voltar sair com os meus amigos e até mesmo sozinho, eu não posso me queixar de estar só - porque todos os finais de semana eu estou exercitando o meu esporte favorido.

- "Fortaleza nunca foi tão receptiva comigo quanto agora!!! Amém, Desejo... Amém!!!"rs...


Mas, é claro que eu não posso negar: "Eu abriria mão da minha solteirice, se somente se, eu encontrasse alguém que realmente valesse a pena para iniciar uma história bacana, porém, não é o caso ainda". Mas, quando a hora chegar, eu vejo como fica.

- "Ôpa, deixar de ser solteiro para mim não é abrir mão de pequenos ou grandes prazeres, mas, administrá-los a sua nova condição de casal. Me descaracterizar e assumir uma condição de objeto, mercadoria ou coisa, não me representa e nem faz o meu estilo - eu não sou posse de ninguém, só de mim mesmo."


Fortaleza está moderininha demais e acaba pagando o alto preço da solidão. Tudo bem, eu dou a minha mão a palmatória, isso é um reflexo nacional, principalmente nas principais capitais urbanas. Entretanto, embora eu não tenha encontrado aqui uma persona que tenha conseguido me tocar, da forma que eu acho importante para dar aquele "click" (esse click não tem uma dimensão, um conceito, apenas toca), só me resta usufruir da minha solteirice ao máximo - Claro de maneira descontraída, leve e responsável, sem me forçar a fazer determinadas coisas que me agridem.

- "Ultimamente, me disseram que eu estava muito solto e por isso eu estava precisando de um freio, mas... eu estou solteiro, então, existem determinadas posturas que são adequadas para a vida de solteiro que eu estou levando: Experimentar, brincar, paquerar, beijar sem compromisso, beijar, beijar e beijar... PODEM!!! Deu mole, me interessou, eu beijo mesmo..." rs...


Mas, nunca é demais lembrar: "Vida de solteiro é vida de solteiro... Vida de casal é vida de casal... Um coisa é uma coisa, outra coisa, é outra coisa". No entanto, no resultado final, eu sinto-me bem e deixando as coisas fluirem naturalmente, sem atropelos e sem cobranças. O que vier, com certeza, é lucro!!!

40 anos em que o homem pisou na lua...


Hoje faz 40 anos em que o homem pisou na lua pela primeira vez... De lá para cá, a tecnologia espacial e aréa científica em geral cresceram bastante, apontando outras possibilidades, outras perspectivas espaciais, detectando novas estreles e galáxias, reavaliando o sistema solar e a classificação dos planetas, criando especulações sobre a vida extra-terrena, enfim, uma gama de tantas outras questões a serem descobertas.

O fato é que ainda existe um infindade de descobertas a serem realizadas e, talvez, quem sabe, ainda precise de muitas décadas, séculos, outras gerações brrilhantes, e novas expedições espaciais a serem feitas para que possamos chegar mais perto do grande big bang do UNIVERSO.

- "Com certeza, o universo é muito além do que o Planeta Terra e os seus astros, planetas e satélites naturais. Ainda há tanto para ser alcançando, tantas constelações e outras galáxias a serem encontradas... O que sabemos está a quem do que a nossa réles filosofia supõe."

Feliz Dia do Amigo!!!


"Amigo(a),

Eu não posso acabar com todos os seus problemas, dúvidas ou medos, mas eu posso ouvir você e juntos podemos procurar soluções.

Eu não posso apagar as mágoas e as dores do seu passado nem posso decidir qual será o seu futuro, mas no presente eu posso estar com você se precisar de mim.

Eu não posso impedir que você leve tombos, mas posso oferecer minha mão para você agarrar e levantar-se.

Suas alegrias, triunfos, sucessos e felicidades não me pertencem, mas seus risos e sorrisos fazem parte dos meus maiores bens.

Não é de minha alçada tomar decisões por você, nem posso julgar as decisões que você toma, mas eu posso apoiar, encorajar e ajudar se me pedir.

Eu não posso traçar ou impor-lhe limites, mas posso apontar-lhe caminhos alternativos, procurar com você medidas de crescimento, formas de encontrar-se, meios de ser você mesmo sem medo da rejeição.

Eu não posso salvar o seu coração de ser partido pela dor, pela mágoa, perda ou tristeza, mas posso chorar com você e ajudá-lo a juntar os pedaços.

Eu não posso dizer quem você é ou como deveria ser: eu só posso amar você e ser seu amigo!

Conte comigo!"

sexta-feira, 17 de julho de 2009

Do começo ao fim, O filme







Uma coisa é certa, quando esse filme brasileiro cair no conhecimento do grande público, irá causar... NO MÍNIMO, DUPLAMENTE POLEMICO!!! A sua estréia nos cinemas está prevista para o dia 18/12/2009, censura 18 anos.

Além do que, eu também concordo:

- "É desde pequeno que se torce o pepino!!!" rs...

“AMOR É SÍNTESE”


Por favor, não me analise
Não fique procurando
cada ponto fraco meu.
Se ninguém resiste
a uma análise profunda,
Quanto mais eu...
Ciumento, exigente,
inseguro, carente
Todo cheio de marcas
que a vida deixou
Vejo em cada
grito de exigência
Um pedido de carência,
um pedido de amor.
Amor é síntese...
É uma integração de dados
Não há que tirar nem pôr
Não me corte em fatias
Ninguém consegue
abraçar um pedaço
Me envolva todo em seus braços
E eu serei o perfeito amor.


(Mario Quintana)

quinta-feira, 16 de julho de 2009

Conversa entre amigos


- Pois, é meu amigoo, você não pode reclamar dessa situação... você está nela porque quer...

- Sim, cara.

- Eu não estou lhe criticando... mas, só chamando atenção para a situação que você próprio alimenta;

- Sim, cara, eu entendo a sua posição. Eu quero tanto ser feliz, ser amado...

- Mas, você sabe que não é uma busca fácil... Todo mundo está tendo que enfrentar desencontros, decepções... Isso faz parte do processo, infelizmente. As pessoas complicam... muitos dizem que querem namorar, mas, na prática é diferente. Envolve muitos fatores subjetivos, dentre eles, cada um lidar com os seus problemas internos e as ilusões que buscam...

- Pois, é cara.

- Eu também estou carente... eu só encontro pessoas para ficar... Mas, eu não deixo que a minha carência me transforme em objeto sexual ou que eu me submeta as coisas que eu não sou obrigado ou não estou disposto a suportar... Gosto demais de mim, para me deixar ser usado... ou me façam de idiota por um determinado tempo. Talvez, por isso, eu ainda estou solteiro - PORQUE OPTO EM PRIMEIRO LUGAR POR MIM E O MEU BEM ESTAR...

- Claro vc esta coberto de razão. Sabe, eu concordo com vc... Sabe, eu penso que sei que só eu queria uma pessoa qu me desse e que também RECEBESSE O MEU AMOR... Que me desejasse... não só pro sexo, mas também minha companhia... Não espero que ninguém seja perfeito, sabe?!!!

- Meu amigo, encontros acontecem... mas, você precisa ter paciência de esperar esse momento chegar... Eu sei o que você sente, porque eu sinto o mesmo. Eu já dei muita cabeçada... Por ansiedade e impaciência, eu fiz escolhas erradas, valorizei quem não merecia, já passei por muitas tormentas afetivas... Mas, apesar de estar cansado dessa espera, eu estou numa fase tranquila, deixando acontecer e se acontecer... Porque, se existe 50% de probabilidade de aparecer, também tem 50% para não acontecer (até para isso, eu estou preparado) Eu não tenho medo da solidão... enfim, aprendi a não ter medo.

- Poxa num pensa assim...

- Rapa, essa possibilidade também existe. Também é preciso estar preparado para ela.

- Otimismo também faz parte... Aliás, eu entendo seu lado...

- Claro que é bom ser otimista... Mas, eu não posso viver sempre sonhando... Eu tenho que ter os pés no chão. O contexto em que vivemos e o comportamento das pessoas reforçam essa possibilidade. Não sou apenas eu que está nessa situação, você sabe bem disso. Enquanto esperamos o grande encontro, o tempo vai passando... E com certeza, eu fico só, mas, não vou de contra a minha natureza e os meus princípios.

- Sim, concordo...

- Para lidar com tudo isso, essa ansiedade, essa impaciência e esse contexto banalizado e doido em que vivemos, só tendo muita paciência e tranquilidade. Se for para encontrarmos alguém que nos dê reciprocidade, vai surgir, mais cedo ou mais tarde. Se for parte do nosso destino, irá acontecer... Mas, até lá, chega de equívocos, precipitações e sandices!!!

- Sim, eu sou obrigado a concordar com você...


- "Quem foi que disse que os homens não querem encontrar e viver um grande encontro?!!! Quem foi que disse que os homens não querem namorar sério?!!!"

quarta-feira, 15 de julho de 2009

Riscos são riscos (PONTO).


Independente se são riscos ocultos ou revelados, eles estão por aí em todos os lugares, de todas as formas, até mesmo imperceptíveis. Quem sabe ou talvez, eles não possam estar ou já estão ao nosso redor?!!!

- "Ninguém está totalmente imune às obscuridades e aos contratempos da vida."


Por isso, riscos são riscos (PONTO). Cabe a cada um de nós nos preservarmos deles da melhor forma possível, sem irresponsabilidades e sem preconceitos.

Sessão XX: 2007


"Paixão antiga sempre mexe com a gente
é tão difícil esquecer..."


À caminho da minha terapia vários temas passaram na minha cabeça: as loucuras do final de semana, falar das minhas "letrinhas doidhias"... Mas, que nada, só deu o sonho de segunda-feira na cabeça. Foi preciso fazermos um retorno à 2007 para compreendermos qual o desejo que estava implícito neste sonho.

Naturalmente, que "R" foi muito importante para mim, da forma que ninguém conseguiu ser, se não, eu não dividiria a minha vida em: a.R. e d.R.. Quando existe rastros de saudades, algo paira no inconsciente e fomos perceber o que era.

- "Só posso dizer que eu fiquei preterizado com essa sessão, foi do papoco!!! POW!!!"


O sonho em sim, pelas sensações que ficaram, algo muito pontual, indica apenas uma saudade das coisas boas que nós passamos, dos nossos bons momentos, da reciprocidade que existia. Mais do que normal e salutar ter saudades do que foi bom.

- "Foi?!!! O que significa esse foi?!!!"

- "Ué... foi. Não há mais nada. Nem tem condições de ter. PONTO!!!"


Pode ser, talvez um dia, se nos reencontrarmos e surgir a oportunidade de ficarmos, sem consequências e sem rótulos, pode ser que aconteça, mas, isso não indica dizer que haja um interesse da minha parte em retomar o que tivemos ou possamos a vir ficar juntos. Esse sonho não me deixou a sensação de recaída ou querer essa "letrinha" de volta.

Mas, qual foi o mecanismo que disparou esse gatilho, te trazendo de volta para o meu consciente?!!! O que o meu inconsciente está tentando me chamar atenção?!!! Porque essa lembrança, se conscientemente não aconteceu nada que me fizesse lembrar de você?!!!

- "Extranho!!! Tem algo de podre no reino da Dinarmaca."


Eu e a minha terapeuta fizemos uma retrospectiva desta relação e chegamos a conclusão, que eu criei algumas fantasias baseados na subjetividade alheia (um mecanismo comum da nossa psique e afetividade) e eu fiquei em suspenso por conta das minhas fantasias e desejos. Até mesmo porque, com a relação foi breve, não houve tempo de algumas fantasias caíssem por terra.

Mas, algo que motivou o nosso término e que eu acatasse-o prontamente, embora mais tarde eu quisesse voltar atrás e não tenha conseguido, foi justamente porquê eu identifiquei em "R" o meu reflexo: "Como eu estava rechaçando e negando qualquer dependência familiar, saindo de casa e indo morar em SP para andar com as próprias pernas, a sua dependência familiar e financeira me desagradou profundamente, indo contra o seu discurso na ocasião de que você era uma pessoa independente e dona do próprio nariz".

- "Coisa que na prática não foi bem assim e você acabou cedendo a pressão dos seus pais. Sentou-se no seu orgulho infantil e não lutou por nós 2."


Se isso já era motivo para não estarmos juntos, se hoje pudessemos retomar de onde paramos, com certeza, não daria certo e teríamos o mesmo desfecho. Não tinha, nem tem e nunca terá como ficarmos juntos, sempre será uma relação impossível, por você tão ter feito a passagem da infância à fase adulta, e, agora ainda mais, o reforço pela questão da distância afetiva e territorial. Algo bem elucidado.

Agora, uma questão fundamental ficará para a próxima sessão: "Investigar se eu estou te procurando nas outras personas ou, se no fundo, eu acho mais provável já que eu sou egocentrista, eu estou me buscando?!!!"

A resposta só na próxima terça, aff...

terça-feira, 14 de julho de 2009

Dialogando com Katy



Comparisons are easily done (É impossível não fazê-las...)
Once you've had a taste of perfection (???) (Será que ela existe mesmo?!!!)
Like an apple hanging from a tree
I pick the ripest one I still got the seed

You said move on, where do I go? (Nesses momentos, a gente vai no automático!!!)
I guess second best is all I will know

'Cause when I'm with him (O choque: o que se tem VS o que gostaria de se ter)
I am thinking of you (É o momento da frustração solitária)

Thinking of you
What you would do if
You were the one who was
Spending the night?
Oh I wish that I
Was looking into your eyes


You're like an indian summer, in the middle of winter
Like a hard candy with a surprise center
How do I get better once I've had the best?
You said there's tons of fish in the waters so the waters I will test

He kissed my lips, I taste your mouth (Não dá para fugir da sua verdade)
He pulled me in, I was disgusted with myself

'Cause when I'm with him (Te forçar a essa tortura porque?!!!)
I am thinking of you (Em nome de que?!!!)
Thinking of you
What you would do if
You were the one who was
Spending the night?
Oh I wish that I
Was looking into your eyes...


The best and yes, I do regret (É sempre assim, só se valoriza quando perde!!!)
How I could let myself let you go
And now, now the lesson´s learned
I touched and I was burned
Oh I think you should know

'Cause when I'm with him
I am thinking of you
Thinking of you
What you would do if
You were the one who was
Spending the night?
Oh I wish that I
Was looking into your eyes
Your eyes, your eyes
Oh, won't you walk through and (Você não queria mais nada, né?!!! rs...)
Bust down the door and
Take me away
No more mistakes
'Cause in your eyes I'd like to stay
Stay...


(Katy Perry)

Pós-almoço agradabilíssimo!!!


Nada como nós estarmos perto de quem admiramos: "As horas passam correndo, não falta assunto para colocar em dia, algumas palavras sobram, a felicidade é expressa através do olhar e do sorriso... Encontros não são meros encontros, mas ENCONTROS!!!"

- "Pessoa, é sempre maravilhoso estar ao seu lado, desfrutando de momentos ímpares contigo!!! Te amo, simplesmente assim."

segunda-feira, 13 de julho de 2009

11 óbitos de "gripe suína" no Brasil


Então, já foram confirmados 11 óbitos de "gripe suína" no Brasil: 1 no RJ, 3 em SP e 7 no RS. Pelo visto, a letalidade desse vírus A(H1N1) acorre quando ele está em contato com outros vírus e/ou bactérias e quando há resquícios de outras doenças pré-existentes e maltratadas, como outros tipos de viroses e infecções. Pelo menos, foi o que configurou a morte das três vítimas: a combinação do vírus.

O fato é que, após o alarme e a preocupação inicial, o controle desse vírus no nosso sistema de saúde brasileiro deu uma relaxada básica, como se tudo estivesse sob controle, pois, como estamos acompanhando nos noticiários, já existem mais de centenas de casos detectados em vários estados brasileiros e com casos de morte, de diferentes faixas etárias. Se essa situação continuar se alastrando dessa forma, chegaremos em grandes proporções, em pouco tempo. Essa pandemia não pode ser tratada com descaso e, nem tão pouco, pífias estratágias de ação e de controle de saúde.

No Ceará já foram detectados 6 casos da doença.

Relendo e-mails antigos...


Definitivamente, não adianta trazer o passado para o presente, rever as nossas fotos, revirar os e-mails antigos e relembrar o que não irá mais voltar... NÃO ADIANTA. Se recordar é viver, é padecer um pouco mais do que já foi.

Parece que foi ontem, algumas sensações parecem que foram revividas, não foram esquecidas (falo de mim, claro!!!)... Foi uma forma de entrar em contato com o amor que sentíamos, porque era amor, talvez, não tão maduro assim, mas, era forte - não houve tempo para amadurecer.

A única certeza que eu tenho é a seguinte: "Assim como hoje, você surgiu do nada, ressurgindo do meu esquecimento para a lembrança, amanhã você fará o caminho inverso. Permanecerá como parte de mim oculta, como uma memória arquivada dentro de mim".

- "Mas, essa inquietude irá passar... Ela só existe, causando sensações, calores e perturbações, porque é/foi/será o reflexo de alguém marcante na minha vida. Até o dia que deixará de ser ou não."

Meias Verdades by Danuza Leão


"Não há nada que me deixe mais frustrada do que pedir sorvete de sobremesa, contar os minutos até ele chegar e aí ver o garçom colocar na minha frente uma bolinha minúscula do meu sorvete preferido. Uma só.
Quanto mais sofisticado o restaurante, menor a porção da sobremesa. Aí a vontade que dá é de passar numa loja de conveniência, comprar um litro de sorvete bem cremoso e saborear em casa com direito a repetir quantas vezes a gente quiser, sem pensar em calorias, boas maneiras ou moderação.

O sorvete é só um exemplo do que tem sido nosso cotidiano. A vida anda cheia de meias porções, de prazeres meia-boca, de aventuras pela metade. A gente sai pra jantar, mas come pouco. Vai à festa de casamento, mas resiste aos bombons. Conquista a chamada liberdade sexual, mas tem que fingir que é difícil (a imensa maioria das mulheres continua com pavor de ser rotulada de 'fácil'). Adora tomar um banho demorado, mas se contém pra não desperdiçar os recursos do planeta. Quer beijar aquele cara 20 anos mais novo, mas tem medo de fazer papel ridículo. Tem vontade de ficar em casa vendo um DVD, esparramada no sofá, mas se obriga a ir malhar. E por aí vai.

Tantos deveres, tanta preocupação em 'acertar', tanto empenho em passar na vida sem pegar recuperação... Aí a vida vai ficando sem tempero, politicamente correta e existencialmente sem-graça, enquanto a gente vai ficando melancolicamente sem tesão...

Às vezes dá vontade de fazer tudo 'errado'. Deixar de lado a régua, o compasso, a bússola, a balança e os 10 mandamentos. Ser ridícula, inadequada, incoerente e não estar nem aí pro que dizem e o que pensam a nosso respeito. Recusar prazeres incompletos e meias porções. Até Santo Agostinho, que foi santo, uma vez se rebelou e disse uma frase mais ou menos assim: 'Deus, dai-me continência e castidade, mas não agora'...

Nós, que não aspiramos à santidade e estamos aqui de passagem, podemos (devemos?) desejar várias bolas de sorvete, bombons de muitos sabores, vários beijos bem dados, a água batendo sem pressa no corpo, o coração saciado.

Um dia a gente cria juízo. Um dia. Não tem que ser agora. Por isso, garçom, por favor, me traga: cinco bolas de sorvete de chocolate, um sofá pra eu ver 10 episódios do 'Law and Order', uma caixa de trufas bem macias e o Richard Gere, nu, embrulhado pra presente. OK? Não necessariamente nessa ordem. Depois a gente vê como é que faz pra consertar o estrago..."




- "Por favor, NÃO vamos viver pela metade..."

A nossa música





James Morrison - You Give Me Something



Você quer ficar comigo de manhã
Mas você só me abraça quando eu durmo
Fui feito para caminhar sobre a água
Agora fui fundo demais
Para cada pedaço meu que quer você
Há um outro pedaço que se afasta

Porque você me faz sentir uma coisa
Que me assusta
Isso poderia ser nada
Mas estou disposto a tentar
Por favor, me dê algum sinal
Porque, algum dia, poderei conhecer meu coração

Você esperou durante horas
Só para ficar um pouco sozinha comigo
E eu posso dizer que nunca comprei flores para você
Não sei o que elas significam
Nunca pensei que eu amaria alguém
Que fosse o sonho de outra pessoa

Você me faz sentir uma coisa
Que me assusta
Pode não dar em nada
Mas estou disposto a tentar
Por favor, me dê algum sinal
Porque, algum dia, poderei chamá-la do meu coração

Mas talvez seja tarde demais
E as palavras que nunca consegui dizer
Virão à tona mesmo assim

Você me faz sentir uma coisa
Que me assusta
Isso poderia ser nada
Mas estou disposto a tentar
Por favor, me dê um sinal

Porque você me faz sentir uma coisa
Que me assusta
Isso poderia ser nada
Mas estou disposto a tentar
Por favor, me dê um sinal
Porque, algum dia,
Poderei conhecer meu coração

Conhecer meu coração, conhecer meu coração, conhecer
meu coração


"As lágrimas não reparam os erros!!!"

The Verve - Bitter Sweet Symphony (with lyrics)

♫ Pitty - Na sua estante

"Eu não ficaria bem na sua estante..."