terça-feira, 30 de junho de 2009

Moço, fecha a boca!!!


Esse mês de junho foi foda pra mim, eu quebrei a minha dieta. Putz, a ansiedade chegou com tudo, me dando uma gula fora de série. Calma, eu não devorei a geladeira toda, apenas comi um pouco mais do que o de costume e voltei a beber na baladinhas (algo que eu não fazia à 4 meses), então, a consequência disso foi o aumento de peso - aquela barriguinha fdp!!! rs...

Ai, ai, ai... Mas, eu também perdi o estímulo para ficar de boca fechada. Porque?!!! Chateações, gente querendo tirar o meu juizo, uma gripe fora de hora, enfim, algumas coisinhas que me desestabilizaram emocionalmente. Mas, já que amanhã é o dia 1º, vamos ver se eu consigo retomar o ânimo e o estímulo para fazer dieta, porque desde segunda-feira que eu tento implacar, mas eu não consigo... está fodasticamente foda!!!

Mas, vamos que vamos... ânimo, força, coragem!!!

- "Moço, fecha a boca!!!"

Eu e as minhas quinquilharias virtuais


Quem não possui uma vida virtual, com certeza, não está conectado à internet ou está a margem da conectividade. Desde 1998, eu tenho uma vivência virtual intensa e, no decorrer desses anos, eu venho colecionando uma série de quinquilharias virtuais: De avatares à pets virtuais, de ferramentas de comunicação à perfis de relacionamentos, de fotologs à blogs e fotoblogs, enfim, uma existência virtual.

- "Mas, nunca deixando de ser eu mesmo e ter a minha vida real!!! Dá para conciliar e transitar entre os dois mundos."


Nosssssssssssss sa, quanta quinquilharia!!! Algumas eu acesso rigorosamente, outras nem tanto, outras estão até em desuso por ter caído de moda ou eu ter enjoado ou, simplesmente, por ter esquecido a senha. rs...

- "Enfim, atire a primeira pedra quem não colecionou as suas próprias quinquilharias..." rs...

My Twitter


Gente, para quem não sabe, existe um novo canal de comunicação chamado "Twitter", onde os usuários lançam questões para que os outros possam respondê-las, similar ao modelo do Yahoo. Como não podemos ficar alheios e nem ficar à margem do processo da conectividade, eu faço o convite para que vocês também ingressem. O site é: http://twitter.com

Eu também estou lá, portanto, quem quiser fazer um "ping pong" (pergunta/resposta) comigo, o meu twitter é:

(Não se esqueça do "_" underline) rs...


- "Eu ainda estou descobrindo como lá funciona, já que o meu twitter acabou de ser feito!!! Recém saído do forno!!!" rs...

segunda-feira, 29 de junho de 2009

Pra ela ♪



 Chimarruts - Pra ela


Se um dia
Alguém te deixou
Com o coração ferido,
Secando ao sol,
Talvez não tenha entendido,
Não deu o valor.
Mas eu sei
Que o mundo gira,
Que as coisas vem
E também podem voltar,
Que o fogo esquenta
Mas também pode queimar.


Mas está de volta
Pra ela,
De volta
Com ela.
Ta de volta
Pra ela
Pra ela
Pra ela


Quando olhou
Conseguiu enxergar,
Que sair por sair,
Falar por falar,
Já não faz sentido
Pode acabar.
Mas o tempo faz
A verdade aparecer
E a cada dia
Fica fácil de se ver,
Que você não sabia,
Não sabia
Que você não entendia.
Não entendia


(Chimarruts - Pra ela)


- "Perfect!!!"

Ninguém é insubstituível, mas, nesse caso,...



... INESQUECÍVEL!!!




Enquanto eu beijava...


... Lá fora uma antiga ladainha era tecida:

- "Oi, turma!!! Como vai o Dan?!!! Está tudo bem com ele?!!!"

- "Nosssss sa, ele está maravilhoso!!! 20 kilos mais gordo e se agarrando lá dentro!!! Aos beijos!!!"

- "Putz, eu não acredito!!! Ele está aí?!!!"


Valeu galera, pelo 20 kilos mais gordo... rs... Mas, sendo breve nas minhas considerações.

Seis anos se passaram, passou tanta água por debaixo da minha ponte, já me apaixonei, desapaxonei, e essa criatura ainda pensa em mim?!!!

- "Valhaaaaaaaa, como tu sofres!!!"


Não adianta nem choro, nem vela e nem caixão, reconhecer as minhas qualidades, declarar os seus arrependimentos, porque, não tem a mínima chance de um retorno e, muito menos, um fica sequer. Você pode até querer terminar com o seu namorado para ficar comigo, mas, o seu desejo não procede e são idéias jogadas no chão, no bueiro, na sarjeta.

- "Ecaaaaaaaaaaa, eu tenho nojo de ti!!!"


Por mais que você reconheça suas falhas e omissões... Não me adianta esse salvo-conduto tardio. Siga a sua vida, no seu caminho, e seja feliz, mas, bem longe de mim. Eu não quero o menor contato e/ou ousadia.

- "Galera, o mais incrível é que a gente tocou no nome dessa criatura na hora do almoço e vocês a viram à noite. Essa praga foi envocada dos confins, só pode!!! Ainda bem que eu não tive esse desprazer do reencontro!!!" rs...


Tá aí, eu prefiro mil vezes ficar sozinho, beijando sem compromisso nos finais de semana do que cometer o mesmo erro novamente. É o tipo de erro que não nos leva à lugar algum.

- "Nem, é a treva!!!"


Mas, vamos de fato ao que importa?!!! O beijo que estava sendo dado era delicioso SIM... rs...

- "Hummmm, it's delicious!!!"


Essa estória para mim é tão bem resolvida, tão definitiva, que o fato de ser inesquecível para você não massageia nem o meu ego. É um disparate total. Só restou pena e mágoas dos três anos que tivemos em comum!!! Segue o teu rumo!!!

Show, Bagunças, Amigos e Beijo na boca!!!



Bem, o final de semana foi agitadíssimo e com muita bagunça... Antes do show da Preta Gil, houve uma reunião de cúpula na casa de um grande amigo, onde o Clube dos 5 marcou presença, juntamente com o nosso amigo Lucas que chegou na terrinha recentemente. Foram dois dias de muita risadaria e comédia.



O show da Preta foi ótimo, ela como sempre é muito irreverente... A gente chupou tanto "picolé" (jurubeba), que perdemos a linha, eu principalmente (Abafa o caso!!!). Apesar de eu ter ficado zonzo, eu não dei vexame não, pelo menos, que eu me lembre!!! rs... Mas, embora, eu não tenha me jogado na boate depois do show, a turma não me deixou ir, eu estava molinho, molinho, eu só sei que eu dancei horrores no show... Apenas dei paqueradas de leve, muito leve...

No dia seguinte, todos salvos e descansados e depois de colocarmos todos os papos em dia. Depois de almoçarmos com o nosso amigo, fazia três anos que eu não conversava com o Lucas, fomos badalar um pouquinho... Descemos até a Beira Mar, assim como não queria nada, conferir o que estava acontecendo por lá.

Enquanto isso, na parada...

Resumindo em poucas palavras tal evento: Desorganização, ausência de estrutura, a marginália em peso, só a cangalha, de péssimo gosto. Enfim, um fiasco!!! Próximo ano, por favor, amigos não me convidem!!! CONVITE MAIS DO QUE RECUSADO!!!

- "Vixe, um cheiro de enxofre no ar... Aff, abriram os portões do inferno!!! Pooooooodre!!!"


Saindo daquele inferno, fomos para um outro inferno (uma baladinha para salvar o dia, o final de semana, literalmente), mas, desse inferno, valeu a pena... rs... Eu beijei horrores. Ficar sem praticar o meu esporte preferido no final de semana seria o fim da picada, né?!!!

- "Ficar sem beijar na boca, ninguém merece!!!"

sábado, 27 de junho de 2009

Alma púrpura



"No mundo sempre existirão pessoas que vão me amar pelo que eu sou, outras vão me odiar pelo que sou, e outras ainda que ora vão me amar, ora vão me odiar. Sabendo disso, vivo livre... Falo o que penso, faço o que tenho vontade, mudo de opinião ao meu prazer. O importante é agradar a mim. Eu tenho de estar feliz comigo e para isso não posso fazer nada pensando em agradar outras pessoas senão eu mesmo!"

(Autor Desconhecido)

Primeiro caso da gripe mexicana no CE


E como anda o avanço da gripe mexicana no país?!!! Segundo o Ministério da Saúde, já foram constatados 452 casos em todo o país e, nesta semana, surgiu o primeiro caso no Ceará. A paciente foi medicada e não precisou ficar internada no Hospital Geral de Fortaleza (HGF).

Para quem está de viagem marcada para a Argentina e o Paraguai, cancelem ou adiem as suas passagens, porque o vírus está atuando nestes países. Trata-se de uma recomendação médica e sanitarista para conter o alastramento viral em todo o país.

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Sabe de uma coisa?!!!


Eu não vou perder o meu precioso tempo e nem me estressar com gente sem noção. Sou brigão, tenho as minhas complicações e limitações, mas, eu sigo de acordo com os meus princípios básicos, cujos quais eu pretendo preservá-los, como também, a minha energia emocional. Nesses termos, eu me recuso a ficar pagando pau para você, assim:

- "Vai enxugar gelo!!! Pentear macaco!!! Levar choque!!! Chupar prego!!! Y otras coisitas más!!! CANSEI!!! Você quer ser muita estrelinha para o meu gosto."


Ora diz que quer, outra diz que não quer... Justifica-se que eu não quero (não é de toda uma inverdade, rs...), dizendo que quem dificulta sou eu... Ahhhhhhhh, SOU MAIS EU!!!

Tributo à Michael Jackson II - Pop




quinta-feira, 25 de junho de 2009

Tributo à Michael Jackson I - Jackson 5


Aos fãs do Michael Jackson como eu, dedico esse tributo musical à vocês, por essa perda inesperada!!! Vamos lá:

A morte do Rei do Pop


Incontestavelmente, o Rei do Pop contemporâneo chama-se Michael Jackson. Sua trajetória artística é um fenômeno popular incontestável, marcada por números expressivos que deixaram o seu SUCESSO maiúsculo. Mr. Jackson sempre colecionou grandes recordes de vendagens dos seus álbuns musicais (a exemplo do seu LP "Thriller", ainda é um record mundial a ser batido, conseguiu alcançar aproximadamente 150 milhões de cópias vendidas em todo mundo - só aqui em casa nós tinhamos 2 LPS, como ainda temos) e prêmios de reconhecimento do seu trabalho e sucesso, arrebatando uma legião de fãs com o seu talento e carisma e estando sempre nas primeiras colocações dos hits paredes de todo o mundo a cada single lançado. Seus álbuns musicais venderam milhões e milhões de cópias através dos seus compact discos, LPS, CDS, vídeos de shows e filmes para o cinema e ingressos das tournees dos seus shows mundiais - A sua única aparição em solo brasileiro foi em 1993, fazendo dois grandes shows no RJ e SP, e os 50 shows previstos para julho/2009 na Inglaterra, todos os ingressos já estão esgotados.

Embora, a sua vida pessoal fosse envolta de grandes polêmicas e escândalos, fosse rumores e suspeitas que questionavam a sua sexualidade e a sua saúde mental e física, por apresentar um comportamento estranho e sua mudança estética (cor, face, cabelos, corpo, ...) por intervenções de inúmeras cirurgias plásticas, ou enfrentando processos judiciais que apontavam para assédio sexual contra menores e pedofilia (rumores e acusações não provadas) ou eventos familiares (seu casamento com a Liza Mary Presley, herdeira de Elvis Presley, o nascimento dos seus 3 filhos, a relação conturbada com o seu pai e outras nuances), o ídolo pop jamais esteve fora da mídia, sempre se reinventando. Talento Michael tinha de sobra, muito embora, ele tenha perdido grande parte da sua fortuna nos tribunais norte-americanos fazendo acordos judiciais para dar por fim os processos que lhe eram acusados!!!





Sua carreira artística começou na década de 60, com o Grupo Jackson 5, formado por ele e seus quatro irmãos, sendo considerado-os como a revelação musical nos USA, graças a versatilidade e qualidade vocal do grupo e, principalmente, o talento de Michael, que já despontava desde a sua infãncia.

Apesar do sucesso, a vida do grupo foi muito tulmutuada pelos escândalos familiares e a forma rigorosa como o seu pai e empresário do quinteto, buscava disciplinar os seus filhos à custa de ensaios exaustivos e cobranças excessivas pela perfeição. Tanta cobrança deixava Michael retraído e estressado, pois segundo relatos do próprio em documentários, o seu pai era muito duro e severo, chegando a deixá-lo de castigos físicos e morais quando ele se negava a ensair, porque gostaria brincar.

Os Jackson 5 fizeram muito sucesso em sua época, participando dos principais programas televisivos dos USA, conseguindo emplacar grandes hits como ABC, BEN, Music and me, I'll be there, I want you back, My girl, dentre outros, como também participando de campanhas publicitárias, lançamentos de produtos comerciais com a sua marca e até série de desenho animado na TV. Eu cheguei a ver algumas reprises na extinta TV Manchete, ainda na década de 80.

Desde já, o pequeno Michael já conseguia roubar a cena em relação aos seus irmãos, criando-se rumores de que nos bastidores haviam brigas de ciúmes entre os integrantes do grupo, uma vez que o caçula do Clã dos Jacksons conseguia atrair todos os olhares para ele. A sua estrela já se diferenciava das estrelas dos seus outros irmãos.

Com o final do grupo na década de 70, Michael Jackson seguiu carreira solo, reforçando o seu talento, carisma e habilidade com a dança, implacando vários sucessos seguidos, como o hit "Don't stop 'til you get enough", executado nas discotecas. A sua discografia conta com os principais álbuns: Off the hall (1979), Thriller (1982), Bad (1987), Dangerous (1991), History: Present, Past and Future (1995).

O seu álbum de maior sucesso e expressão foi Thriller, sendo escutado e implacando praticamente todas as faixas. Ele também foi o precursor do "bum" dos novos videos clips, sobretudo nos anos 80, tendo o clip da música Thriller como sendo um divisor de águas na estética dos vídeos.

Quem não vibrou com a dança de Michael no cemitério em conjunto com os "mortos-vivos" recém saídos dos seus caixões e catatumbas?!!!

- "Ai que meda!!! rs..."





Sem dúvida alguma, o seu legado musical e sua expressão artística é importante e contundente para o cenário pop mundial e continuará sendo referência para as próximas gerações.

É com muito pesar, que a sua carreira foi interrompida hoje, com a sua entrada num dos hospitais de Los Angeles, devido a uma parada cardíaca sofrida nesta manhã, acompanhada de um estágio de coma profundo. Segundo os principais noticiários e empresas de mídia dos USA, a exemplo do New York Time, foi noticiado a morte do Rei do Pop, aos 50 anos de idade, onde todos os seus fãs aguardam a confirmação oficial da sua morte.

É com um profundo pesar que eu deixo o meu humilde tributo à Michael Jackson, cantor e dançarino que eu admirava muito e também fez parte da minha infância. Com certeza, deixará saudades a sua obra musical e o seu inigualável talento.

- "Que a sua alma descanse em paz!!!"



Dados mais detalhados sobre a sua vida artística e o seu legado musical, por favor, acessar:


Eternamente, Pantera!!!




Faleceu hoje nos USA aos 62 anos de idade a bela atriz Farrah Fawcett acometida de C.A. terminal, doença pela qual ela vinha travando um combate nos últimos anos. Ela foi uma das principais protagonistas do seriado norte-americano "Charlie's Angels", mais conhecido para o grande público brasileiro como As Panteras, destaque no final da década de 70 e início dos anos 80.

Embora, eu fosse muito novinho na época em que o seriado era exibido na Rede Globo, eu me recordo quando as meninas de Charlie entravam em ação, sempre inteligentes, belas e combativas. A loiruda sempre se destacou com a sua beleza, sendo um dos principais símbolos sexuais da década de 80, e o seu talento como atriz sendo indicada à vários prêmios como Emmy e Globo de Ouro.

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Pés fincados no chão


Se eu posso me poupar de grandes e desnecessários sofrimentos e dissabores, embustes e desilusões, porque não manter os meus dois pés fincados no chão?!!!

"Sincericídeo"


"Sincericídeo" ou não, eu ainda pago o preço que for em ser sincero comigo mesmo, com as minhas idéias e princípios, meus sentimentos e sensações, independente se vai ou não agradar aos outros. Naturalmente, que proferir determinadas verdades, principalmente as nossas, sendo alvo de incompreensões e questionamentos, é a atitude mais certa a ser tomada, é um caminho de redenção.

Toda verdade tem duas ou mais versões, são questionáveis e sugestivas, mas, quando elas lhe bastam e reforçam o seu caráter, dificilmente, você trará consigo peso na consciência e será refém das situações e intenções sejam elas quais forem.

No meu caso, eu não titubio ou vacilo no momento que eu acho pertinente em dizer o que eu penso e sinto, mesmo que, o que foi dito possa ferir ou desagradar quem escutou, porque a liberdade de se dizer as suas próprias verdades, não meras repetições de idéias alheias, é inerente do ato de ser e de se comunicar com as pessoas e com o mundo. Existe o preço de agradar ou não os outros, mas, eu não me coloco como dependente da aprovação - Não busco a unanimidade, muito menos a adoração.

Mesmo entre as minhas explosões de sinceridade, busco a importância de ser e viver as minhas verdades e aprimorá-las com o tempo, seja agregando novos valores ou transformando-as num outro ponto de vista. Isso só é possível, porque eu tenho personalidade e não tenho medo de ser sincero, mesmo que tal sinceridade possa se voltar contra mim. Cada um sabe a dor e delícia de ser o que é.

Top 5: Evitando futuros problemas...


(Versão Cearense)


My people, por mais que eu me esforce, eu não consigo achar o povo da terrinha interessante - eu não digo isso nem apenas pela questão estética, mas, principalmente, pela questão das idéias e postura de agir. Embora, para alguns, seja uma visão antipática da minha parte, mas, é algo que eu não consigo estabelecer vínculos, conexões e identificações mais intrínsecas. Enfim, essa minha dificuldade em me interessar pelo povo daqui já vem de longa data. Gosto bastante de Fortaleza, parte da minha família que reside aqui, dos meus amigos daqui, mas, quando você é cidadão do mundo e já experimentou das fragâncias e venenos de outras regiões e cidades, não tem como fazer a comparação.

Mesmo assim, como eu estou aqui, eu quero mudar esse meu conceito, quem sabe, eu não encontre uma persona descolada, com uma visão ampliada de mundo e comportamentos, que more aqui em Fortaleza?!!! Torço que sim, mas, mediante algumas situações rescentes, eu prefiro evitar problemas futuros. Vamos ao top 5 deste mês junino:



5° lugar

(Categoria: Anti-química)



Desde quando eu me convenci que eu iria permanecer por aqui, não sei até quando, pois, a minha esperança de voltar para Sampa continua viva e intacta, eu resolvi que iria desconsiderar todas as paqueras e galanteios lá de baixo (Sul e Sudeste), pois, eu encerrei completamente relacionamentos virtuais e à distância. Encerrei com chave de ouro com "R".

É claro que a turma lá debaixo não me é indiferente e, por mais difícil que seja, eu estou resistindo bravamente. Nesse sentido, o meu coração está dando preferência para cá, de preferência para quem esteja ao alcance das minhas mãos.

Nesse primeiro semestre que eu estou aqui, ninguém daqui conseguiu me balançar ou tocar o meu coração. Por mais que eu pratique o meu esporte preferido, beijando muito, coloque a "escrita em dia", fique, etc. e tal, não existe química e nem entrosamento.

Muitas letrinhas cearenses ficaram e ainda estão ficando no meio do caminho. Até agora, só há o reforço da minha hipótese: "O amor da minha vida não é daqui".



4° lugar

(Categoria: Com todos, menos comigo)



Galanteios, brincadeirinhas e paqueras a parte, se não bastasse o fato de você morar em São Paulo, motivo o suficiente para evitar essa história, você quer me passar a impressão de que o seu foco está em mim. É claro que não. Louco seria eu acreditar que só existiria eu na sua vida, pelo menos, não é o que os meus olhos vêem e lêem por aí. Então, você ("T")pode paquerar e ficar com todos, menos comigo. Não dá para investir em personas-galinhas!!!



3° lugar

(Categoria: Depois do adeus, o vazio!!!)



Como depois das férias, você ("G") vai regressar para Campinas, sua atual moradia, eu não vou correr o risco desnecessário de me apaixonar por você e depois da sua volta, eu ficar com as mãos abanando e o coração partido. Por mais que eu te ache uma pessoa interessante, que com certeza, eu investiria se morássemos na mesma cidade, mas, te encontrar nas férias seria muito pouco para o que eu quero de fato - não preciso de você para dar uma trepadinha ou um fica básico por aqui, já que por aqui tem gente disposta a isso.

Embora, você não tenha aguentado a minha sinceridade de ter lhe dito ontem, na lata, sem dó e nem piedade, eu preciso ser sincero principalmente comigo mesmo.



2° lugar

(Categoria: Ausência de empogação e interesse)



É... paquerinha aqui, outra ali... Mas, o tempo só deixa mais evidente que só pode existir no máximo uma boa amizade. Eu não me sinto empolgado e nem interessado para ter contigo aventuras sexuais. Sexo por sexo para mim, não me cativa, não me representa.



1° lugar:

(Categoria: Desespero?!!! Eu tô fora!!!)



Gente desesperada por causa sua carência, precipitadas, pancada das idéias, sem noção, ahhhhhh, por favor, vê se me erra. Não vou sair da minha rota e nem acelerar os meus passos por sua causa ("F"). Mas, vamos combinar?!!! Como você é uma persona esquisita, heim?!!! Nem... Até as minhas esquisitices são bem fundamentadas... Todas tem os seus porquês, não são nada gratuitas. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

- "Por essas e outras, não me estranha em nada, se eu chegar no final do ano e continuar no meu status de solteirão convicto, já que no meu caso: "Santo de casa não faz milagre". Nem do lado de lá, nem do lado de caso. Quando eu digo que a situação é precária, vocês não acreditam e dizem que eu sou exagerado, então, chupa que é de uva, messssssssssssssssssmo!!!"


Mediante ao descompasso, de fato, não adiante nem insistir mesmo...

São João, São João...

... Acende a fogueira do meu coração!!!



"O balão vai subindo
Vem caindo a garoa
O céu é tão lindo
E a noite é tão boa

São João, São João
Acende a fogueira
No meu coração.

Sonho de papel
A girar na escuridão
Soltei em seu louvor
No sonho multicor

Oh! Meu São João
Meu balão azul
Foi subindo devagar
O vento que soprou
Meu sonho carregou
Nem vai mais voltar"


(Alberto Ribeiro, Sonho de papel)

Dia de São João Baptista


Hoje (24/06) é o dia de São João Baptista, um dos santos católicos mais festejados nessa época, o grande homenageado das festas e quadrilhas juninhas em todo o Nordeste!!!

Segundo a narração do Evangelho de São Lucas, João Baptista era filho do sacerdote Zacarias e Isabel (ou Elizabete), prima de Maria, mãe de Jesus. Foi profeta e considerado pelos cristãos como o precursor do prometido Messias, Jesus Cristo. Batizou muitos judeus, incluindo Jesus, no Rio Jordão, e introduziu o batismo de gentios nos rituais de conversão judaicos, que mais tarde foram adotados pelo cristianismo.

- "Salve, São João!!!"

Solidariedade aos amigos jornalistas




A indignação profissional da última hora, presente em todas as pautas e debates na multimídia brasileira, é o não-reconhecimento e deferimento ao diploma de graduação e pós dos jornalistas. Como assim?!!! Como acabar com o direito desta categoria profissional em ter os seus estudos, capacidades e formação não mais reconhecido e legitimado?!!!

- "Mais do que uma ação arbitrária é absurda e surreal."


Simplesmente, trata-se de um abuso duplo, tanto com relação a formação destes profissionais quanto o prestígio e o desenvolvimento do jornalismo no Brasil. Essa negação, via judicial, pasmem com isso, é a pulverização profissional dessa categoria - tão honrada quanto às outras profissões, tendo como importante contribuição social a função de denunciar escândalos e arbitrariedades em todas as áreas e desalienar a população brasileira.

- "Informar, denunciar, promover uma reflexão e a partir dela à quebra de paradigmas justifica a (lega)legitimização do jornalismo brasileiro e uma sociedade que se preze não pode ter o seu direito de conhecer e ter a sua liberdade de expressão calada, aflingida e desprestigiada assim."


Nesse sentido, eu deixo toda a minha solidariedade expressa aos grandes jornalistas que vem tratando a informação com seriedade e dignidade abrindo os nossos olhos e deixando atentos para as artimanhas, corrupções, conxavos e obscuriedades que permeiam à sociedade. É ultrajante licenciar os jornalistas a ter o seu direito como profissional cadêmico não reconhecido.

Diante disso, cairá diretamente a qualidade e a credibilidade no trato da informação e um degradação no ingresso e permanência desses profissionais no mercado de trabalho, pois, quais seriam os critérios para compô-los no mercado, sem prejudicar os seus direitos trabalhistas e o exercício da sua profissão?!!!

- "Uma realidade mais do que lamentável, neste momento, dúbia e preocupante. Os futuros jornalistas deste país têm o direito de ter os seus diplomas em mãos, como todos os outros profissionais deste país."

O gato apareceu...


Enfim, depois de alguns dias desaparecido, para a tranquilidade e felicidade da minha irmã, o Greguinho apareceu...

- "Owww, gato rueiro!!!" rs...

terça-feira, 23 de junho de 2009

Delimitações afetivas


Algo precisa ficar muito bem claro e delimitado: "Eu já tenho os meus entraves e as minhas questões subjetivas, elas por si só me demandam reflexões e superações, para que eu tenha que colocar o fardo alheio nos meus ombros. O que é meu é meu. O que é de vocês, são de vocês, se virem!!! Se resolvam!!!"

Eu não irei passar por cima de mim mesmo, do meu tempo, das minhas escolhas e princípios, do que soa coerente pra mim, apesar das incoerências, para satisfazer os caprichos dos outros ou ter a obrigação para preencher lacunas afetivas e existenciais que não me pertencem.

Volto a repetir de forma categórica: "Se eu tenho que ser sincero e coerente, eu tenho que ser comigo mesmo. Eu sou responsável por mim mesmo e mais ninguém". Ah, se você não tem estrutura emocional para deparar com as minhas idéias e posturas, lamento apenas, mas, não deixarei de ser sincero para poupar o seu desagravo. Tá na hora de crescer, não achas?!!!

- "A vida e as pessoas nunca me pouparam da realidade que me saltam os olhos. Mesmo diante de dores, frustrações e marcas, elas são componentes importantes para nos fortalecermos na vida, para a vida, para nós mesmos. O sofrimento ensina, nos prepara para viver."


Eu não me transformarei num martir da sua conveniência, até mesmo porquê, eu jamais serei o seu bote ou colete salva-vidas ou super herói, pelo simples fato de que, eu não sou a personificação do modelo do que você quer ou espera de mim. Sou o que sou, caos, complexidade e oscilações, simples assim.

- "Eu me nego em ser o seu: prozac, viagra, vitamina de a à z, salvador da sua pátria, objeto sexual, ou até mesmo, caralho de asa. Enfim, eu não irei embarcar no vôo da sua insanidade, pois, insanidade por insanidade, já basta a minha."


Eu cuido do meu espaço, do meu território, e você do seu. Eu tenho os meus próprios dragões para apaziguar...

Sessão XVIII: Fechado em mim mesmo!!!


Eu e a minha terapeuta ainda continuamos discutindo e focados no terreno da minha afetividade. Apriori, eu programei que essa temática seria tratada em 5 sessões, da XV a XX. Hoje analisamos com mais cuidado o meu comportamento de autodefesa.

Ultimamente, por questão de sobrevivência afetiva e saúde emocional, eu ando cada vez mais cauteloso, sem pressa, sem grandes ímpetos de ansiedade, justamente porque eu não quero correr riscos desnecessários, cair em mais um equívico e agir com precipitação. Sim, eu sinto essa necessidade de me relacionar, mas, dessa vez, quero cometer menos erros possíveis e mais acertos, talvez por isso, eu esteja exercitando a minha paciência e deixando as coisas e as situações do coração acontecerem de forma espontânea, sem pressa alguma. Deixando fluir, de preferência no tempo certo, já que eu não quero me guiar pelo meu tempo impaciente e ansioso.

E, nesse momento em que me encontro, completamente, fechado em mim mesmo, eu estou em estado de alerta, com os olhos abertos, todos os sentidos aguçados, os meus escudos à postos e em pleno estado de autodefesa para não me machucar.

- "Chega de erros, precipitações e perdas de tempo e energia com quem e com o que não vale a pena. Se eu devo sinceridade e fidelidade para alguém, com toda certeza, ESSE COMPROMISSO TENHO PARA COMIGO MESMO, em primeiríssimo lugar. Meus problemas, são os meus problemas, seus problemas, são seus problemas: PONTO!!!"


Embora, eu esteja solteiro, com o coração desocupado e livre e disponível à conhecer novas pessoas, o fato é que eu me encontro não apenas com 1 pé atrás, mas os 2, bem fincados no chão. Nesse sentido, é preciso muito mais do que palavras bonitas e promessas de efeito para me conquistar. Agora, só resta saber, se eu estou exagerando na minha autodefesa. Sinceramente, acho que não, talvez o meu time, mais calmo, esteja em descompasso com o time precoce e rápido dos demais.

- "Owwwwwwww, povo precipitado!!! Nem... Eu não sou kamicase e não vou me jogar no abismo por nada e por ninguém, muito menos, por questão de carência e solidão."


Também discutimos sobre um papo que eu travei com "F", no mínimo surreal, onde ficou evidente um descompasso de time: calma versus precipitação; indo de encontro o ritmo que eu quero para mim. Excesso de euforia e comportamento afoito acabam por me assustar e me invadir.

- "O papo foi tão surreal, que no primeiro contato, já houve "DR". Como assim?!!! Pois é, foi tão pancada a situação que eu não acreditava que eu estava ali, tendo que me justificar porque eu não queria precipitações. Foi tão trash que houve farpas... Eu posso com isso?!!!"


Uma coisa é bem clara e muito evidente: Eu não vou colar os carros diante dos bois e, muito menos, profanar a minha subjetividade e ferir os meus princípios. Eu estou sem pressa, sem desespero.

- "Se eu estou fechado em mim mesmo, praticamente como uma ostra, apenas o tempo irá maturar a pérola dos meus desejos e vontades. Não adianta querer violar a minha individualidade e conspurcar o meu momento que será em vão."

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Cartas de Amor by Fernando Pessoa




Todas as cartas de amor são
Ridículas.
Não seriam cartas de amor se não fossem
Ridículas.

Também escrevi em meu tempo cartas de amor,
Como as outras,
Ridículas.

As cartas de amor, se há amor,
Têm de ser
Ridículas.

Mas, afinal,
Só as criaturas que nunca escreveram
Cartas de amor
É que são
Ridículas.

Quem me dera no tempo em que escrevia
Sem dar por isso
Cartas de amor
Ridículas.

A verdade é que hoje
As minhas memórias
Dessas cartas de amor
É que são
Ridículas.

(Todas as palavras esdrúxulas,
Como os sentimentos esdrúxulos,
São naturalmente
Ridículas.)

Álvaro de Campos, 21-10-1935

Cartas pra você ♪


Antes de qualquer especulação ou que os egos fiquem inflados, essa música não é dedicada à ninguém. Ela está aqui por único eu simples motivo: A letra é ANIMAL!!! Meu coração está bem, tranquilo, menos ansioso do que tempos atrás (acho que a maturidade está agindo, uhuuuuuu!!! rs...), não está saudoso por ninguém em especial... Apenas, está buscando por uma persona que eu ainda desconheço - Nem sei se esta figura insólita existe, mas... rs...


Nx Zero - Cartas pra Você - Nx Zero By HozanaMathias






Eu tento te esquecer
Mas tudo que eu escrevo
É sobre você

Eu não posso me enganar
Fingir que estou bem
Porque não estou

Preciso de você
(Uh uh uh)
Preciso de você
Essa noite

E hoje estou aqui
Só pra te cobrar
O que você disse
Que iria ser pra sempre
Mas não foi assim
Agora o que me resta
(Uh uh uh)
Escrever nessa carta
Pra lembrar


Eu passo tanto tempo
Só te procurando
Em um outro alguém
Mas não posso me enganar
Sinto sua falta
E ninguém pode ver

Preciso de você
(Uh uh uh)
Preciso de você
Essa noite

E hoje estou aqui
Só pra te cobrar
O que você disse
Que iria ser pra sempre
Mas não foi assim
Agora o que me resta
(Uh uh uh)
Escrever nessa carta
(Uh uh uh)
Preciso de você
(Uh uh uh)

Filosofando com Zifia


... "All eyes on me in the center of the ring
Just like a circus
When I crack that whip everybody gon' trip
Just like a circus..."


(Britney, A Louca, Circus)



- "Leka, a vida é uma montanha-russa mesmo, repleta de altos e baixos, um carrossel repleto de emoções e uma roda gigante que dá infinitas voltas... Com direito até a trem fantasma... Não tem jeito, a vida é um grande parque de diversões - só nos cabe aproveitá-la ao máximo e aprender com o que há para ser aprendido!!! Talvez, ao atirar no patinho de borracha, você ganhe um prêmio, mesmo correndo o risco de errar o alvo ou acertar na bunda do funcionário desse parque... Como diria a filósofa e LOUCA Britney Spears, a vida é um CIRCUS!!!"



kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

(Nazaré)

Relações abertas... Não fazem o meu estilo!!!


Na Era dos sites de relacionamento, alguns tabus e dilemas ficam muito expostos. Será que o conceito tradicional de namoro, casamento e parcerias que nós conhecemos, tal e qual o modelo dos nossos pais e avós, ainda servem de modelo para os dias atuais?!!! Será que numa relação à 2, cabem 3, 4, 5, quantos forem?!!!

Indiscutivelmente, a bagunça relacional é uma realidade evidente, muito em função do desfacelamento dos padrões e valores sociais que a sociedade reproduz de maneira tão permissiva e perniciosa. Existem comportamentos que abalam a instituição familiar e os relacionamentos, causando aflições, abalos e choques.

- "Não tem jeito, hoje, vemos e presenciamos coisas que até Deus duvida."


Ser fiel não é mais uma condição básica e fundamental para quem quer viver a dois, perdendoo seu caráter unânime, pois, a quantidade de exemplos amorais e aversivos que nos saltam aos olhos, colocam o comportamento humano e os relacionamentos cada vez mais em cheque. Não se discute mais a necessidade de não trair, mas, quem trai mais, se é o homem ou a mulher. Lamentável.

A fidelidade em si é uma questão de respeito que você pode ter ou não por si próprio ou com quem você divide a sua vida, os seus sonhos e projetos e a sua intimidade. Esse conceito não consegue mais abarcar ou comprimir ou reprimir os institos humanos mais primitivos (animalescos), pois a traição afetiva já se tornou um comportamento corriqueiro em larga escala.

Se eu concordo e/ou faço apologia à infidelidade não é o foco desse post e nem faria uma campanha em favor disso, mas, com certeza, eu chamo a atenção para que nós precisamos aprender a lidar com essa situação para que não seja tão martirizante quando essa possibilidade real bata na porta dos nossos corações e relacionamentos.

- "Infidelidade para mim já deixou de ser mistério, embora, cause dor e indignação quando somos alvos dela. Mas, algo que me deixa mais confuso e perplexo o status de "relacionamento aberto" cada vez mais crescente nos dias atuais."


Embora eu não descarte a aproximidade da traição nos relacionamentos (seja ele qual for), todos nós estamos expostos à ela, como traído, e dispostos à, como traidor, dependendo da situação e da postura da vez, eu ainda acredito que a fidelidade é um ingrediente fundamental para as relações e não pode faltar de forma alguma por representar sentimentos e posturas fundamentais: afeto, respeito, consideração e parceria.

Mas, ainda me choca ver como alguns casais abrem os seus relacionamentos para que outras pessoas possam participar deles, seja como uma forma de movimentar o aspecto sexual do casal que deve evidenciar um grau acentuado de rotina e perda do desejo pelo parceiro (pois, necessita de um terceiro ou até mais outros componentes para esquentar) ou para camuflar ou ocutar que esse relacionamento não vai tão bem e satisfatório como deveria ser - se a relação estivesse autosatisfatória não precisaria de "complementos extras", concorda?!!!

Por eu ser egoísta e ciumento, eu não tenho esse despreendimento e desapego, quase solidário, de dividir o meu "amor" (objeto de desejo) com quem quer que seja. E eu me pergunto como as pessoas continuam mantendo um relacionamento tão movimentado e coletivo assim.

Será que é hábito ou medo de mudar de parceiria, de relação?!!! Ou será que é por conveniência por existir outros fatores (familiar, econômico, social) extra-afetivos que mantenham o casal junto?!!! Será que é dependência afetiva?!!! Será que é uma estratégia para bular um relacionamento falido e que se não houver um componente alheio não sobrevive?!!!

Vai lá saber quais os motivos que regem esses casais... Diferentes?!!! Excêntricos?!!! Bizarros?!!! Depravados?!!! Não me cabe julgá-los, mas, esse tipo de relacionamento aberto, sobretudo na área sexual, não me representa e me gera uma profunda estranheza.

- "Além de ser uma idéia que não faz a minha cabeça, eu não tenho estrutura emocional para bagunça e falta de respeito, apesar de saber que esse tipo de relacionamento funciona para alguns casais."


A arte de se relacionar é complexa e não obedece uma regra ou uma fórmula padrão. Cada se adequa a uma de acordo com o seu temperamento e necessidade. No meu caso, se por algum motivo, o relacionamento não me satisfaz, eu prefiro optar pelo seu término e abraçar a minha solteirce do que ficar nessa babel de sentimentos e emoções.

- "E aí, você tem estrutura emocional, coragem e afinidades para encarar um relacionamento aberto e dividir o seu amor com mais pessoas?!!! Eu não!!!"

Conjulgando o verbo ser



... "Oh I am what I am,
I'll do what I want,
But I can't hide"...

(Dido, Here with me)


... A minha essência e as minhas motivações...
... Tudo o que me justifica e me representa...
... Me faz existir, viver...

- "Para isso, o que realmente importa é conjulgar o verbo SER e não ter..."

domingo, 21 de junho de 2009

Uma busca insana


Embora essa busca seja completamente insana, se faz necessária... Jamais será uma lacuna imperceptível ou camuflada, sempre há um nó na garganta ou uma lágrima a rolar no canto do olho ou um fel para denunciar. Cada um com os seus parâmetos e suas estratégias, todas sugestivas e questionáveis - eu respeito; em busca do possível e do impossível, assim como for.

Confesso que já houve épocas que eu busquei caminhar sobre as nuvens e aconteceu o provável: Um grande e inesquecível tombo. Tombo, não!!! Gentileza minha, mas, um tombaço!!! Porém, para aprender a caminhar (em pé) no decorrer da vida, é necessário superar as derrapadas e as quedas que são inevitáveis e certas de acontecerem. Não seria diferente comigo.

Hoje, o impossível para mim, pelo menos pra mim, trata-se da busca do improvável: A simplicidade - eu quero sonhos que caibam na minha mão e aqueles que são realizáveis. Desejar tudo aquilo que vai além da minha competência é cruel e atormentador e não me faz bem, por bem, deve estar bem longe dos meus olhos, pensamentos e coração. Se não é para mim, esquece!!!

Sonhar não custa nada?!!! Quem disse que não?!!! Custa sim, o preço da frustração, pois, nem tudo está a venda e tem um preço monetário, falo de essência e não de bens materiais. Falo de corações, sentimentos e afetividade e não meros objetos descartáveis.

Até a simplicidade se transformou em impossibilidade devido aos delírios que todos nós estamos envolvidos. Mas, se cada louco tem a sua loucura, que vá em busca dela, se você tem meios como conseguí-la, porque não abraçá-la?!!!

- "Mesmo diante de toda insanidade, o que eu quero agora, nesse instante, é me abraçar, é me confortar, é me pacificar..."

Tudo dentro do previsto...


Ontem eu estava com a corda toda e me joguei na "night" para quebrar a rotina... Lógico, que aconteceu tudo dentro do previsto. O que eu poderia esperar mais daqui?!!! Nothing!!! Mas, o que salva, é que os Dj's não deixam nada a desejar, antenadíssimos com os hit's do momento.

- "Simplesmente, eu me acabei na pista, já que os principais hit's do momento bombaram... Nem preciso dizer que voltei para casa com o sol raiando e com os meus dedinhos vermelhos e com calos... rs... Dance, dance, dance..."


Agora, quanto ao meu esporte preferido... O placar foi 2 gols, muitas bolas na trave... nada de zero a zero, embora, eu tenha as minhas restrições, mas, deixa pra lá!!! Agora o cúmulo da mesmice: "Ficar com quem você já ficou em outros tempos por ausência de personas interessantes para ficar!!!" Aff...

Vamos ver se nas férias as opções melhoram... Porque a falta de opção é ultrajante!!! Mas, apesar desse pesar, a "night" foi divertida sim... Ah, curiosidade de bastidor: Eu avistei uma criatura que está me azarando algum tempinho via msn, mas, você foi falar?!!! Nem eu!!! rs...

sábado, 20 de junho de 2009

Esquentando as turbinas para logo mais...


Logo mais eu quero me acabar na pista... Dançar, dançar, dançar... Se possível, até o dia amanhecer!!! Nesse sentido, deixa eu fazer o meu esquenta particular!!! Afinal eu estou transbordante...

- "Dj, solta o batidão!!!"


As mais mais 2008/2009:
Akon feat Kaardinal - Dangerous
Alex Gaaudino feat Cristal - Destination Calabria
Benny Benassi - Born to be alive
Britney Spears - Break the ice
Carolina Marques - The killers
Cassie - Me & You
David Guetta - The World Is Mine
Dj Antoine - Feel The Beat
Fragma - Tocas Miracle 2008
Gnarls Barkley - Crazy
Ida Corr - Let Me Think About It
Kasino - Shake It
Katy Perry - I kissed a girl
Offer Nissim feat Maya - Alone
P. Diddy feat Keisha Cole - Last Night
Pussycat Dolls - When i grow up
Rihanna - Please Don't Stop The Music
The Underdog Project - Saturday Night
Tom Tom Club - Genius Of Love
Tragdie - Hey oh

House Boulevard - Set Me Free
Gigi D' Agostino - La pasion
Pitbull - I know you want me
Yves Larock - Rise up
Laurent Wolf - No stress
Funkerman - 3 minutes to explain
Desaparecidos - The sound of Ibisa
Moony - I don't know why
Lorena Simpson - Can't stop loving you
The black eyed peas - Bum bum pow
Rihanna - Rush
The Pussycat Dolls - I Hate This Party
Janet Jackson - Feedback
Lady Gaga - Poker Face
Kim Sozzi - Feel Your Love



No túnel do tempo:

La cubanita - Toca me
Gala - Come into my life
Christina Aguilera - Marmelaide
Jennifer Lopez - Love Don't Cost A Thing
Whitney Houston - It's Not Right But It's Okay
Samantha Mumba - Gotta Tell You
Usher - Yeah

"As lágrimas não reparam os erros!!!"

The Verve - Bitter Sweet Symphony (with lyrics)

♫ Pitty - Na sua estante

"Eu não ficaria bem na sua estante..."